sábado, 12 de dezembro de 2015

"PROPAGANDA É A PRIORIDADE PARA SALAME", DIZ EM NOTA O PROFESSOR RIGLER ARAGÃO, DA UNIFESSPA

PROPAGANDA É A PRIORIDADE PARA SALAME

A propaganda, sem dúvida, é a alma do negócio, que diga o prefeito de Marabá. Nos últimos meses a população tem visto uma enxurrada publicitária, na televisão, rádio e nas ruas da cidade. Com todo esse marketing as pessoas deveriam ficar curiosas para saber quanto de dinheiro público está sendo gasto para mostrar as fabulosas obras de João Salame.

Em momento de crise econômica, se espera que se tenha o mínimo de prioridade com que é importante. Mas pelo que se observa no portal da transparência o prefeito tem priorizado a propaganda do seu governo  ao investimento em Agricultura, Cultura, Meio Ambiente, Esporte e Lazer.

As despesas pagas da Assessoria de comunicação durante o ano de 2015 chegaram 3.642.092,45 de reais. Isso é mais que o dobro das despesas pagas pela secretaria de agricultura, também supera a soma das despesas pagas pelas secretarias de Cultura e  secretaria de Esporte e Lazer no mesmo período, as duas juntas gastaram 3.027.628,06. Por esses valores já percebemos qual é a prioridade do prefeito. Com certeza é para compensar o baixo desenvolvimento de obras na sua gestão e, agora tenta de forma desesperada compensar com propaganda, talvez por acreditar que uma mentira contada várias vezes torna-se verdade.

Parece que como gestor municipal João Salame vai mal. Reclama que tem que corta gasto mais não corta pela metade os mais de 500 cargos comissionados e os mais de 2500 contratados. Todos sabem para que servem tantos cargos dependentes de indicação política. E ao mesmo tempo fica chorando a perda de arrecadação e ameaçando atrasar salários dos servidores.

Observa-se no portal da transparência que apesar de economizar com determinadas áreas o prefeito privilegiou outras, como os recursos de seu gabinete que extrapolou o que estava previsto para 2015. Enquanto isso, não foi uma e nem duas que vimos nos meios de comunicação à falta de recursos para funcionamento do conselho tutelar da cidade, órgão de extrema importância para defesa dos direitos da criança e do adolescente. Isso é um exemplo de como faz falta uma gestão democrática com forte participação popular.

Salame repete a mesma formula diante da crise, retira direito e cortam-se gastos das áreas sociais, ou seja, joga a crise na costa dos trabalhadores.

 Rigler Aragão – Professor da Unifesspa

Reações:

3 comentários:

  1. Parabéns, Professor Rigler! Acredito que nosso prefeito tem desprezado suas raízes de, segundo ele, sindicalista. Será amnésia ou uma tentativa desesperada de re-construir seu mandato já falido? Em sua fanfarra de publicidade observamos uma absurda tentativa de jogar na conta dos professores seu deficit financeiro. Dizer que não precisa no ensino fundamental público de professores mestres é menosprezar a importância da formação dos profissionais da educação que, em meio a tanta desordem social trabalham de forma incansável para tirar os alunos sob sua responsabilidade de todas as `"marginalidades" possíveis que afetam os simples cidadãos marabaenses. E, acho que ele não precisa mesmo, pois, seus filhos devem ter estudado nas melhores escolas possíveis deste país(pois ele mesmo se auto intitula rico). Ninguém questiona que um procurador do município recebe 70% de gratificação por titulação de mestrado. Seus salários ultrapassam os R$ 20.000,00 (me parece que sem titulação de mestrado - dados da folha de pagamento do portal da transparência). Qual a titulação mais valiosa 70% dos procuradores ou 100% dos professores? Será que nossos políticos perderam as aulas de matemática para não saberem que esses 70% valem bem mais que os 100%? Ainda não acabamos essa discussão! Até a próxima postagem.

    ResponderExcluir
  2. Será q receberemos o décimo dia 18 ou 19 já q dia 20 cairá num domingo?
    Todos nós sabemos q n pode passar do dia 20.

    ResponderExcluir
  3. E a culpa so cai wncuma da educacao fomos desçresados e humilhados pela atual gestao sabemos q o atual secretario esta. Se apodera d do cargo para tentar. Se reeleger xhamando diretores para lhe a poiarem nas eleicoes em troca de favores policos q vergonh senh secretario




    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.