quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

ATO ABOMINÁVEL DE RACISMO DE PROFESSORAS CONTRA MERENDEIRA NEGRA

Já ouvimos vários casos de racismo sendo divulgados na mídia aqui no Brasil. Muitos desses casos envolvendo jogadores de futebol e torcedores do time adversário. Fatos como esse nos causa muita indignação. É inadmissível que em pleno século XXI pessoas ainda sofram discriminação pela cor da sua pele, ou por sua aparência física.
Na escola, procuramos educar nossos alunos desde cedo a conviver de forma respeitosa com as diferenças, sejam elas quais forem.
Agora, quando um caso de discriminação racial e preconceito parte de dentro da própria escola, alguma coisa está muito errada. Imaginem então, quando os autores desse ato são educadores? E pior ainda, a vítima é uma merendeira negra.
Pois esse fato aconteceu em uma escola da rede municipal de Marabá. Um grupo de whatsap, formado por professoras, com o nome de  "Poderosas", humilhou a servidora merendeira, ao postar a imagem de uma macaca de aparência horrível dizendo ser a caricatura de tal servidora.
A ofendida, sentindo-se humilhada, procurou a delegacia de polícia e registrou ocorrência contra as autoras do fato.
O bloger se solidariza com a companheira ofendida e expressa total repúdio contra esse ato das ditas " educadoras".

Reações:

4 comentários:

  1. Edivaldo vianadezembro 10, 2015

    Camarada é repugnante esse tipo de crime acontecer aqui no nosso quintal.Fico envergonhado com esse tipo de atitude por parte de pessoas "ditas" esclarecidas.
    Minha solidariedade com nossa companheira e irmã de raça.
    Eu viro de costa para essas atrasadas e de mente curta e poluída.

    ResponderExcluir
  2. Não dá nem para acreditar em um ato criminoso desse, dentro de um espaço educativo que é a escola. Essa merendeira tem que proceder com os rigores da lei. JUSTICA!!!

    ResponderExcluir
  3. QUE INSANIDADE DESSAS PESSOAS QUE SE DIZEM EDUCADORAS...A MERENDEIRA NÃO PODE DEIXAR ESSE CASO IMPUNE..

    ResponderExcluir
  4. Elas têm que pagar pelo crime de racismo!!
    Indignada ainda mais sendo professoras

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.