terça-feira, 19 de maio de 2015

ESCLARECIMENTO IMPORTANTE SOBRE A ELEIÇÃO DO SINTEPP DIAS 27 E 28/05


Caros Companheiros,

Estamos num importante momento para o Sintepp, pois além do enfrentamento na greve estadual, é preciso cumprir o calendário das eleições para escolha da nova coordenação da Estadual do Sintepp, que acontecerá nos dias 27 e 28 de maio, em todo o Estado do Pará.
A disputa acontece entre quatro chapas que foram inscritas para o pleito. Pelo estatuto do sindicato, a cada 10% dos votos conseguidos a chapa terá direito a uma das 18 secretarias que compõe a coordenação estadual.  Para cada secretaria, são dois coordenadores.
Apesar de ser a eleição para a coordenação estadual, todo filiado tem direito a voto, mesmo sendo ele filiado da rede municipal. A eleição nos municípios é garantida pela coordenação das subsedes, que deve oferecer a estrutura necessária para o processo acontecer: mesários, urnas e toda logística com veículos e divulgação do processo eleitoral. 
O Sintepp é estruturado da seguinte forma: coordenação estadual, coordenação regional e coordenação das subsedes. As eleições para coordenação de cada uma dessas esferas é feita de forma independente. Para escolha dos coordenadores estaduais e das subsedes é feita a eleição direta nas escolas. Somente a coordenação Regional acontece diferente. Essa é eleita pelos delegados no congresso regional que acontece a cada três anos. 
Nos dias 27 e 28, aqui em Marabá, teremos duas urnas passando em cada núcleo, nos horários da manhã e tarde, e à noite naqueles que funcionam nesse turno. Além disso, teremos urnas fixas em locais estratégicos. Tudo isso para garantir a ampla participação de nossos filiados na escolha de seus coordenadores estaduais. 
Para coleta do voto é necessário um documento de identificação com fotografia (RG, CNH, Carteira de Trabalho e outros documentos oficiais). 
Boa sorte a todas as chapas concorrentes. 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.