sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Prefeito determina reajuste de 38,96% no vale alimentação dos servidores municipais


Em reunião extraordinária da Mesa de Negociação Permanente com os sindicatos, o prefeito João Salame acertou na última quarta-feira (4) o reajuste de 38,96% no vale alimentação dos servidores municipais. Com isso o benefício passa de R$ 161,20 para R$ 224,00.
Outro ponto discutido foi a implantação do piso salarial dos motoristas e operadores de máquinas da prefeitura. Será encaminhado um projeto de lei para aprovação na Câmara Municipal de Marabá (CMM) estabelecendo que motoristas deixarão de receber salário mínimo para receber R$ 1380,00 e que os operadores de máquina passarão a receber 1572,00. O projeto de lei deve passar por votação no fim do mês, quando a CMM volta do recesso.
Já sobre os salários de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate de Endemias (ACE) ficou definido que o prefeito participará de nova reunião com o secretário de Saúde e o Sintesp (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Pará) para ajustar os valores retroativos, bem como o pagamento do incentivo financeiro concedido pelo governo federal no final do ano.
O piso financeiro da Educação também estava na pauta de discussão e ficou acertado que os servidores receberão este mês o pagamento retroativo a janeiro.
Ainda foi autorizada pelo prefeito a criação das portarias para montagem das comissões dos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) Geral, da Saúde, Regime Jurídico e Instituto de Saúde do Servidor.
Por fim ficou acertado que haverá reunião específica para tratar da arrecadação municipal. Participaram da reunião representantes do Servimar (Sindicato dos Servidores de Marabá), do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará) e do Sintesp (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Pará), além de representantes das secretarias de Administração (Semad), de Planejamento (Seplan), de Saúde (SMS), Educação (Semed), e da Procuradoria Geral do Município (Progem). (Texto: Fabiane Barbosa/ Fotos: Helder Messiahs)

Reações:

3 comentários:

  1. Aurismar, como fica a situação dos servidores de apoio.
    Sou axilar de secretaria e não recebi pagamento com reajuste nem com interstício.

    ResponderExcluir
  2. Senhor Aurismar,
    Boa Tarde. Sou professor do modular do município de Marabá. Até dezembro estava lotado com 230 horas. Pra minha surpresa recebi meus vencimentos agora em janeiro com carga horária apenas de 200 horas. Fui informado no drh da semed q é isso mesmo, q a extrapolação de carga horária não me dar direito de receber 230 horas em janeiro. O senhor pode me esclarecer essa situação? Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Aurismar li em seu blog que o vale alimentação viria com aumento só que isso não aconteceu. Vc sabe me informar se será ainda este ano ou no próximo???

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.