terça-feira, 30 de dezembro de 2014

SAI PREVISÃO DO FUNDEB/2015 PARA MARABÁ

NÃO ESTAMOS EM CRISE, MAS O MAR NÃO É DE ROSAS


Todo final de ano o governo anuncia a previsão de recursos do Fundo de Manutenção da Educação Básica e Valorização do Profissional da Educação - FUNDEB que cada município receberá por ano. Essa previsão é importante porque é com base nela que os prefeitos juntamente com seus secretários de educação planejam os gastos com essa pasta durante o ano. É por essa data também que é definido o aumento do piso salarial nacional do magistério. 
Para o ano de 2014, Município de Marabá receberia 136 milhões de reais do Fundo, segundo a estimativa feita no final de 2013. A última parcela já caiu totalizando um montante de quase 141 milhões de reais. Até agora a previsão sempre tem fechado para mais. Para o ano de 2015, a previsão é que Marabá receba em torno de 155 milhões de reais. Esse valor dividido por 13 folhas de pagamento (doze meses de salários mais o 13º) e meia (1/3 de férias mais 1/6 de férias) dá um valor aproximado de 11,5 milhões ao mês, soma-se a esse valor os 25% de recursos próprios (verdadeira caixa preta) que o município é obrigado a gastar com a educação.
 Com o anúncio de Brasília sobre o valor do salário mínimo, que ficou 8,84% mais caro, indo de 724 reais para míseros 788,06 reais, é possível estimar um percentual de aumento para o piso salarial. Como o aumento do piso sempre tem ficado um pouco acima do mínimo, as bondosas previsões de 13,01% devem ser confirmadas. 
Esse índice jogará a folha da educação próxima dos 13 milhões mês. A secretaria de educação precisará sanar gastos desnecessários. É preciso ver onde há gente batendo testa com testa e cortar o excesso. Outra saída é o prefeito tomar medidas sérias e antipopulistas com empresários que se beneficiam da ineficiência da arrecadação fazendária municipal  para melhorar a capitação  de recursos irrisória do município de Marabá, isso canalizaria mais recursos para a educação e tiraria a Semed da forca que ela se encontra. 
Não há crise, mas o caminho é estreito e a porta é pequena. Não há espaço para erros e amadorismos, como os que foram cometidos no início da gestão desse governo; quando a secretaria de educação estava nas esfaceladas mãos do PT. 
Não aceitaremos jamais que os avanços de nosso plano de carreira sejam tidos como o princípio das dores, o mal do século, como erros que precisam ser reparados. Nem aceitaremos que nos neguem direitos garantidos em leis federias. 

Reações:

8 comentários:

  1. Caro colega Aurismar, a caixa preta da arrecadação de Marabá está acessível ao Sintepp. A Afism-Carajás é composta por profissionais que detém essas informações e sabem fazer a leitura das mesmas. Hoje a arrecadação está aquém da realidade, isso se deve por motivos de ausência de diálogo do Governo Municipal para com esta Entidade representativa dos Agentes Fiscais de Marabá, a qual poderia resultar em significativas melhorias nas condições de trabalho e consequentemente no incremento da arrecadação de receitas próprias. Podemos adiantar que o potencial econômico e arrecadatório desta municipalidade é surpreendentemente superior a qualquer estatística já elaborada pelo Governo. Assim, devemos unir forças de nossas entidades de classe para promover melhorias no serviço público e reivindicar os direitos e garantias dos servidores públicos de Marabá. A Afism-Carajás será uma forte parceira nessa luta.

    ResponderExcluir
  2. Pois precisamos estreitar diálogos, precisamos estar munidos do máximo de informações possíveis para provar que estamos batendo na tecla certa.

    ResponderExcluir
  3. vc so poe a culpa no pt e esse secretario agora ta pior revej seus conceitos vou me disfiliar do sintep so pq vc nao ver os erros da atual gestao

    ResponderExcluir
  4. Só uma pergunta. O que mudou depois que Secretaria de Educação saiu das "esfaceladas mãos do PT"?

    ResponderExcluir
  5. O pateta do secretário, mudou você não viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual foi a mudança?

      Excluir
    2. Saiu o pateta e entrou o tio patinhas?

      Excluir
  6. Estamos a disposição para dialogar e unirmos forças. Vamos marcar uma agenda.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.