quarta-feira, 29 de outubro de 2014

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA - VEJA O DIA QUE A PROGRAMAÇÃO ACONTECERÁ NA SUA ESCOLA

O Programa Saúde na Escola, desenvolvido em parceria pelas secretarias municipais de Saúde (SMS) e Educação (Semed) terá vasta programação em novembro. A partir do tema “Saúde e Prevenção na Escola: Direito Sexual e Reprodutivo e Prevenção de DSTs”, o programa visa esclarecer os estudantes em seus relacionamentos, para que evitem gravidez prematura e contaminação por doenças sexualmente transmissíveis. Álcool, tabagismo, crack e outras drogas estão inclusos no programa.
Enquanto uma equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) ficará responsável pelas orientações sobre DSTs, incluindo a Aids; a coordenadoria do Programa Saúde na Escola, localizada na SMS, deverá ministrar as palestras sobre tabagismo, álcool e drogas.
Conforme Sirlande dos Santos, coordenadora do Saúde na Escola na SMS, a programação será desenvolvida no período de 3 a 28 de novembro, em 10 escolas municipais de ensino fundamental, destinadas a alunos dos 8º e 9º anos, que receberão orientação sobre direito sexual e reprodutivo, além da prevenção às DSTs.
De 6 a 26 de novembro, alunos dos 4º e 5º anos, de outras quatro escolas municipais, terão palestras sobre tabagismo, álcool e drogas. (Texto: João Batista Silva/ Foto: arquivo)
Veja a agenda para os alunos de 8º e 9º anos:
03/11 – EMEF Arthur guerra;
04/11 – EMEF Paulo Freire;
05/11 – EMEF Darcy Ribeiro;
06/11 – EMEF Josineide da Silva Tavares;
07/11 – EMEF Deusuita Melo de Albuquerque;
24/11 – EMEF Anísio Teixeira;
25/11 – EMEF Inácio Sousa Moitta;
26/11 – EMEF Rio Tocantins;
27/11 – EMEF São Félix;
28/11 – EMEF Julieta Gomes Leitão.
 
E para as escolas de 4º e 5º anos:
06/11 – EMEF Cisne Branco;
11/11 – EMEF Santa Rosa II;
13/11 – EMEF Silvino Santis;
26/11 – EMEF Maria das Graças.
--
Assessoria de Comunicação - Ascom
Prefeitura de Marabá 
(94) 3322 1140

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.