quarta-feira, 2 de abril de 2014

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E LÍDER DO GOVERNO:UM FURA OUTRO REMENDA

Vi o nosso digníssimo secretário de educação, com toda a sua sabedoria sobre os assuntos que envolve sua secretaria, falando sobre o documento recebido do Ministério Público cobrando explicações referentes à denúncia de falta de merenda em várias escolas do município. Antes dele, porém falou o vereador líder do governo na câmara, professor Pedro Souza. É impressionante o poder que os dois oradores tem: o vereador, o de remendar histórias; o secretário, o de inventar histórias.
Na arte de por remendos, as sábias palavras do vereador foram tão convincentes: "Já falei com o secretário e ele garantiu que até o final da semana o problema da merenda estará resolvido". Claro! Nessas horas deve-se falar com quem tem a autoridade no assunto. Quem melhor do que o secretário de educação para responder sobre a merenda escolar? Afinal, o secretario garantia, nos maus dias de greve, que havia toneladas de merendas a serem entregues aos alunos da rede pública municipal. De lá pra cá tem sido denúncias atrás de denúncias vinda das escolas, nas quais os alunos estão sendo liberados na hora do recreio por falta de merenda. Muita história tem sido remendada, mas solução mesmo nenhuma. Esqueceram das sábias palavras do Mestre aos discípulos de João e aos fariseus de que não se põe remendo novo em tecido velho.
Do secretário já há de se esperar: nada. Assim como já dizia o Eclesiástico de que nada há de novo embaixo do céu. Nada há de novo no discurso furado do secretário. Essa desculpa do problema na licitação é coisa que não convence, a verdade mesmo é a incompetência generalizada na secretaria. Nada anda, nada caminha. O pior de tudo é que, se as especulações que andam nas redes sociais se confirmarem como verdadeiras, vai continuar tudo como está. Aliás, não há um nome no qual possamos visualizar uma melhoria nessa secretaria.
Se é somente para se dar uma desculpa, qualquer um serve. Como sempre diz o prefeito: "não importa a cor do garo, contanto que ele pegue o rato".

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.