sábado, 8 de março de 2014

PROGRAME-SE: Veja aqui as vagas oferecidas pelo Sine/Marabá para segunda-feira (10)

Confira as vagas de emprego oferecidas pelo Sine/Marabá para esta segunda-feira (10).

Os interessados deverão comparecer ao Sine/Marabá munidos de seus documentos pessoais. Maiores informações através do fone 3322 2731 ou 3322 5673.
O Sine/Marabá funciona na Folha 32, Qd. Especial, Lt. Especial, Nova Marabá.
ORDFUNÇÃOSEXOQTD
01AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS (AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA DE MERCADORIAS) – Ensino fundamental incompleto, com ou sem experiência.FEM01
02AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS – Ensino Fundamental incompleto, com ou sem experiência.MAS04
03AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS – Ensino Fundamental completo, 20 a 35 anos, morar na Nova Marabá.MAS01
04AJUDANTE DE CARGAS E DESCARGAS DE MERCADORIAS – Apresentar referências de trabalho anterior, Morar no Núcleo São Felix.MAS03
05ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – Cursando nível superior, informática avançada, experiência na CTPS, conhecimento do setor financeiro.MAS/FEM01
06ATENDENTE DE BALCÃO – Ensino Médio completo, com experiência na função.FEM01
07AUXILIAR ADMINISTRATIVO – Cursando nível superior OU Médio completo, informática básica, experiência em faturamento.MAS/FEM01
08AUXILIAR DE FATURAMENTO – Ensino Médio Completo, informática básica, experiência na função, que more na Nova Marabá.MAS/FEM01
09AUXILIAR ADMINISTRATIVO – Ensino Médio completo, informática básica, experiência na CTPS, que more na Nova Marabá.MAS/FEM01
10AUX. ADMINISTRATIVO – Ensino médio completo, informática básica, com experiência na área financeira, idade entre 20 e 40 anos.FEM01
11AUXILIAR DE ESCRITÓRIO – Ensino Médio completo, informática básica com conhecimento em Excel, podem ser Pessoas com Deficiência, habilidade para trabalhar em equipe.MAS/FEM01
12AUXILIAR DE ESCRITÓRIO – Ensino Médio completo, informática básica, com experiência na CTPS, que more na Nova Marabá.FEM02
13BABÁ – Apresentar referências de trabalhos anteriores, morar na Nova Marabá.FEM01
15CONSULTOR DE VENDAS – Ensino médio completo, Experiência na área da construção civil.MAS/FEM01
16CALDEIREIRO – Com experiência na CTPS.MAS01
17DEPARTAMENTO PESSOAL – Ensino médio completo, informática básica, ter conhecimento de rotinas administrativas, departamento pessoal, folha de pagamento, controle de arquivos, cadastro de novos colaboradores e em toda a área do departamento pessoal.MAS/FEM01
18DOMÉSTICA – Fundamental incompleto, experiência na função, idade entre 20 e 45 anos.FEM01
19DOMÉSTICA – Fundamental incompleto, acima de 25 anos, conhecimento em cozinhar, More próximo a Folha 26.FEM01
20EMBALADOR PCD – Ensino médio completo que possa trabalhar ate as 21:00 horasMAS03
21ESTÁGIO SUPERVISIONADO – Cursando Graduação: Administração, Contabilidade ou Engenharia Civil.MAS/FEM01
22FISCAL DE LOJA – Ensino médio completo, curso de vigilante.MAS09
23FRENTISTA – Ensino médio, informática básica, disponibilidade de horário e preferencia que more na nova.MAS

 
04
24GARÇONETE – Ensino médio completo com ou sem experiência, de 18 á 30 anos que more no núcleo Nova Marabá.FEM01
25INSTRUTOR DE CURSOS LIVRES – Ensino Médio completo, curso na área de Hospitalidade, experiência na função de instrutor.MAS/FEM01
26LAVADOR DE VEÍCULOS (PESADOS) – Ensino fundamental completo, com ou sem experiência.MAS01
27MECANICO DE AUTOMÓVEIS – Fundamental incompleto, com experiência sem comprovação na CTPS.MAS02
28MECANICO DE CARRO LEVE – Ensino Médio completo, com experiência sem comprovação na CTPS.MAS01
29MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS – Ensino médio completo, experiência na CTPS.MAS01
30OFICCEBOY – Ensino Médio completo, informática básica, CNH, conhecer a Nova Marabá.MAS01
31OPERADOR DE CALDEIRA – Com experiência na área, não precisa estar comprovada na CTPS.MAS01
32OPERADOR DE CAIXA, – Com experiência, ensino médio completo, informática básica, deve morar na Cidade Nova.MAS01
33OPEREDOR DE CAIXA PCD – Ensino médio completo, conhecimento de informática que possa trabalhar até as 21:00MAS03
34OPERADOR DE PROCESSO DE PRODUÇÃO – Trabalhar na SADIA, no Estado do Mato Grosso, não exige escolaridade e nem experiência. SALÁRIO R$ 860,20 + Plano de Saúde, Plano Odontológico, Vale Transporte, Seguro de Vida, Cartão Farmácia, Prêmio Assiduidade, Vale Alimentação no Valor de R$ 141,00.MAS/FEM10
33PEDREIRO – Ensino Fundamental incompleto, que possui disponibilidade para trabalhar fora do Município.MAS10
34PUBLICITÁRIO – Graduado na área, experiência comprava na CTPS, experiência na área de planejamento e criação.MAS/FEM01
35RECEPCIONISTA – Ensino Médio completo, experiência na CTPS. DEVE MORAR NA CIDADE NOVA.FEM02
36RECEPCIONISTA NOTURNO – Ensino Médio, experiência em atendimento ao público.FEM01
37RECEPCIONISTA SECRETÁRIA – Ensino Médio Completo, informática básica, com ou sem experiência, CNH “A”, morar preferencialmente na Cidade Nova.FEM01
38REPOSITOR PCD – Ensino médio completo, que possa trabalhar até as 21:00 horasMAS04
39SERRALHEIRO PROFISSIONAL – Fundamental completo, Experiência e curso de Serralheiro, Trabalhar em Canaã dos Carajás.  (ENTREGAR CURRÍCULO)MAS01
40SERVIÇOS GERAIS (EMPREGADO DOMESTICA NOS SERVIÇOS GERAIS) – Ensino Fundamental incompleto, experiência em limpeza e conservação de ambiente, disponibilidade de horário.MAS/FEM01
41SERVIÇOS GERAIS – Ensino fundamental, que more na Nova Marabá.MAS01
42TÉCNICO EM SEGURANÇA NO TRABALHO – Ensino Médio completo, Experiência comprovada na CTPS, CNH, Morar na Nova Marabá – Salário R$ 1.600,00MAS01
43VENDEDOR EXTERNO – Ensino médio completo, informática básica, com experiência na CTPS, CNH, Possuir moto.FEM01

Visando garantia de direitos, João Salame cria Coordenadoria Municipal da Mulher

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (7), a instalação da Coordenadoria Municipal da Mulher, órgão que passa a integrar a Secretaria de Assistência e Promoção Social (Seasp) e que tem por objetivo propor políticas públicas voltadas às mulheres, além de interagir com todas os demais órgãos municipais, estaduais e federais que tenham programas e projetos voltados para as mulheres.
A solenidade foi no prédio da Seasp e contou com a participação do prefeito João Salame Neto, da primeira dama e secretária de Assistência Social, Bia Salame, de secretários municipais, vereadores e diversas lideranças comunitárias.
A Coordenadoria Municipal da Mulher será dirigida por Rosalina Izoton, uma das mais atuantes ativistas pelos direitos das mulheres em Marabá. Segundo ela, já foi elaborado um plano de ação para o órgão que começará focado em atender às demandas na área da saúde da mulher.
“Já conversamos com a Secretaria de Saúde e nos próximos dias vamos às Vilas Sarandi, Brejo do Meio e Monte Sinai e nos bairros Nossa Senhora Aparecida e Folha 12 levando exames de glicemia e PCCU, encaminhamento para mamografia, além de consultas com ginecologista e odontólogo”, afirma Rosalina. Sobre a questão da mamografia, Rosalina ressalta que havia dois anos que o exame não era feita pela rede pública de saúde, mas isso agora mudou. “Graças à atuação do prefeito João Salame, hoje, são realizados 15 exames por dia”, comemora.
A coordenadora lembra que todo o trabalho do novo órgão será feito em sintonia com os objetivos da Seasp e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. “Existem prioridades estabelecidas pelo próprio movimento de mulheres e vamos buscar sempre atuar em sintonia para atender às expectativas das mulheres marabaenses, principalmente aquelas mais carentes”, disse Rosalina.
Durante a solenidade, o secretário de Planejamento, Beto Salame lembrou a origem da comemoração do dia 8 de Março. “No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, de Nova Iorque fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas a redução da jornada trabalho – as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário, equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno no ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato brutal. E se algo de bom pode sair de uma tragédia, a partir daí ganhou força no mundo inteiro o movimento pelos direitos das mulheres e, hoje, apesar das dificuldades, estamos avançando rumo a uma sociedade na qual não haja mais discriminação”, disse Beto.
A presidente da Câmara Municipal, vereadora Júlia Rosa, uma das pioneiras na luta pelo direitos das mulheres, afirmou que a criação da Coordenadoria é um “grande avanço na luta pela igualdade entre homens e mulheres” e que o órgão “vai conseguir fazer a articulação entre diversos órgãos e a sociedade visando desenvolver políticas públicas de apoio à mulher”.
A primeira dama e secretária de Assistência Social, Bia Salame lembrou que a criação da Coordenadoria é o cumprimento de um compromisso de campanha e que “a partir de agora, vamos em busca da institucionalização dos direitos das mulheres, apoiando e desenvolvendo projeto e programas que melhorem a vida daquelas mais carentes, que são as que mais precisam do auxílio do Poder Público”.
Ao encerrar o evento, o prefeito João Salame Neto disse que a atual administração tem como objetivo fazer grandes obras, mas ao mesmo tempo, precisa manter-se em sintonia com a sociedade e eleger como prioridades proteger e defender os mais carentes. “No ano passado, arrumamos a casa. Agora, vamos avançar com obras como a macrodrenagem das Grotas do Aeroporto e Criminosa, reforma de três postos de saúde, para abrigar o programa Estratégia Saúde da Família, construção de dois novos postos de saúde, além de 22 novas creches e o mais arrojado programa de asfaltamento da cidade. São quase R$ 800 milhões em investimentos previstos apenas para este ano”, disse João.
O prefeito não deixou de frisar a origem desses recursos. “São verbas federais, com a contrapartida do município. Recursos que conseguimos junto à presidente Dilma e com a ajuda de diversos deputados federais que estão apoiando nossa administração. E quando falo de deputados federais, não posso deixar de frisar o apoio deste verdadeiro campeão de recursos para Marabá, que é o deputado Asdrúbal Bentes, um homem incansável na luta por recursos para nossa cidade”, disse.
João Salame lembrou a criação da Coordenadoria não é “uma dádiva” do governo. “Este governo tem compromisso com os movimentos sociais e a instalação desta Coordenadoria é fruto da luta de todas as mulheres marabaenses que se empenham para garantir seus direitos. Estou muito feliz por ter cumprido um compromisso de campanha e entendo que resgatamos uma dívida social que tínhamos com as mulheres de nossa cidade”, finalizou o prefeito.
As comemorações do Dia Internacional da Mulher prosseguem neste sábado (8) com a Marcha das Mulheres. A concentração acontece na Praça São Francisco, Cidade Nova, a partir das 8h30. De lá, as mulheres seguirão em passeata com destino à Orla de Marabá. No Clube de Mães haverá  palestra com o promotor Dr. Samuel Furtado Sobral e em seguida será servido almoço às participantes do evento.

Saúde em foco no Dia Internacional da Mulher

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza durante toda a sexta-feira (07), ações de saúde voltadas à saúde da mulher em Marabá. A programação foi antecipada para comemorar o Dia Internacional da Mulher, que acontece no sábado (08).
O Centro de Referência Integrado à Saúde da Mulher (Crismu), na Folha 33, conhecida unidade básica de saúde voltada ao atendimento a mulheres, desenvolve durante todo o dia uma programação que envolve ciclo de palestras de educação e saúde, além de exames rápidos de sífilis e HIV. Brindes e sorteios também serão distribuídos às mulheres ao fim de cada palestra.
“Em nossas palestras, vamos explicar a importância da prevenção do câncer de colo uterino, a vacinação contra a bactéria HPV e também sobre a importância do pré-natal”, disse a enfermeira Kecyani Lima, uma das palestrantes.
Kecyani faz parte da equipe de agentes comunitários de saúde (ACS) da Folha 33, e sua e         equipe vai apresentar durante todo o dia as palestras, realizar exames rápidos de sífilis, HIV, glicemia, além de fornecer atendimento de enfermagem.
Segundo a enfermeira, palestras sobre a conscientização da necessidade de higiene, cuidados com a dengue e, principalmente, a realização do pré-natal são essenciais para a saúde da população. “Algumas mulheres só nos procuram para o pré-natal aos 8 meses. Dizem precisar apenas da carteirinha de gestante para ser aceita no HMI”, lamentou a enfermeira.

SMSI divulga relatório sobre ações no Carnaval 2014

A Secretaria Municipal de Segurança Institucional (SMSI) divulgou nesta quinta-feira (06), relatório sobre a operação Carnaval 2014 realizada em Marabá.
Através de um trabalho conjunto entre os departamentos da SMSI (DMTU, Postura, Guarda Municipal, Agentes Patrimoniais), a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, a operação Carnaval 2014 foi realizada no período de 01 a 04 de março, reforçando o policiamento em torno do município.
“Durante os quatro dias, foram empregados diariamente 400 servidores da Secretaria”, disse Alberto Teixeira, secretário de segurança institucional. Segundo o secretário, foram realizadas também Operações Barreiras, que buscavam orientar condutores e coibir infrações de trânsito. “Para isso, buscamos a parceria da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal”, disse.
O relatório apresentou 12 notificações de delitos de trânsito, 7 apreensões por desacato, 5 denúncias de violência doméstica, e 474 garrafas de vidro apreendidas, além de outras notificações envolvendo o uso de arma de fogo, roubo, apresentação de foragido, provocação de tumulto e desacato.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.