terça-feira, 11 de março de 2014

O PULO DO GATO


Na reunião que aconteceu no final do mês de fevereiro entre o prefeito, o secretário de educação e o Sintepp que resultou na suspensão da greve da rede municipal de ensino nesse ano de 2014, entre os vários pontos acertados, ficou a de ser realizada uma "devassa", no dizer do prefeito, nas contas da educação. Segundo ele, essa "devassa" aconteceria através de uma auditória geral feita através do Tribunal de Contas dos Municípios. O anúncio foi feito com grande pompa, à frente das câmeras e dos cliks, de forma solene, o prefeito assinou e leu o ofício no qual solicitava ao TCM essa missão.
Se o ofício ficou apenas registrado no brilho da ação, ou se foi de fato enviado ao órgão de destino, não sei. Só sei que aquele foi um verdadeiro "pulo do gato". Aquele salto mortal que garante ao felino preservar, intacto, seus sete fôlegos de vida. A ação foi tão bonita e nobre que não havia como contestá-la, apenas aceitar. "Não adianta mostrar os números se o sindicato não acredita neles, vamos então fazer uma auditoria, se for encontrado algum erro, vamos corrigir, de repente vocês estão certos e eu estou errado", foram essas as palavras do prefeito João Salame.

Depois disso veio o carnaval, onde tudo é festa, tudo é folia. O Brasil inteiro para nessa ocasião. As pessoas envolvidas nesse bacanal entram em êxtase. Tudo parece que irá se resolver depois da quarta-feira de cinzas. De porre, na quinta-feira, o país descobre que gastou o que não tinha. O dinheiro público se desfez nas serpentinas e as dívidas aumentaram.
Em Marabá, vem o pior: a enchente. Todos os esforços ficam direcionados para essa ação humanitária: socorrer os flagelados. Claro, tem que ajudar sim, é obrigação da prefeitura fazer isso.  O grande problema é que os demais assuntos, ficam esquecidos. A tão prometida "devassa" deu em samba, que acabou escorrendo por água abaixo, é o que parece. 

Reações:

3 comentários:

  1. o estado de greve vai até dia 30/03, não é. Até agora também nem sinal de pagamento das progressões, a folha fecha na outra semana. se ficarmos esperando, nada vai andar com essa vontade que o governo encontra p solucionar os problemas. se faz necessário uma luz de alerta nas escolas p os companheiros. Merenda p aluno tb não tem em algumas escolas.

    ResponderExcluir
  2. Aurismar você sabe me informar se é legal a SEMED dar carga horária de Arte do 6ºao 9ºano para professor concursado do 1º ao 5º ano?

    ResponderExcluir
  3. Pura engacao !
    Ate porque não é papel do tcm sair fazendo esse s serviços para prefeituras.
    Foi mais uma metira do João balela.
    E nós acreditouuuuu.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.