domingo, 23 de março de 2014

INFORMES GERAIS DA CIDADE RELICÁRIA

PROGRAME-SE: Veja aqui as vagas oferecidas pelo Sine/Marabá para segunda-feira (24)

Confira as vagas de emprego oferecidas pelo Sine/Marabá para esta segunda-feira (24).
Os interessados deverão comparecer ao Sine/Marabá munidos de seus documentos pessoais. Maiores informações através do fone 3322 2731 ou 3322 5673.
O Sine/Marabá funciona na Folha 32, Qd. Especial, Lt. Especial, Nova Marabá.
ORD
FUNÇÃO
SEXO
QTD
01AGENTE DE PORTARIA NOTURNO – Ensino Médio completo, com experiência como fiscal de loja, possuir moto.MAS02
02AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS – Ensino Fundamental incompleto, com ou sem experiência. (DEIXAR CURRÍCULO)MAS04
03AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS – Ensino Fundamental completo, 20 a 35 anos, morar na Nova Marabá.MAS01
04ASSISTENTE DE FATURAMENTO – Ensino médio incompleto, com ou sem experiência, 1º emprego, PCD (Pessoas com Deficiência).MAS/FEM01
05ATENDENTE – Ensino Médio completo, disponibilidade para trabalhar noturno, com ou sem experiência.MAS05
06ATENDENTE DE BALCÃO – Ensino médio completo, com idade até 40 anos, com ou sem experiência, que more no núcleo Cidade Nova.MAS/FEM01
07AUX. DE COZINHA – Fundamental completo, com ou sem experiência, que tenha conhecimento sobre comidas caseiras, disponibilidade de horário.MAS/FEM05
08AUXILIAR ADMINISTRATIVO – Ensino médio completo, informática básica, experiência na CTPS, que more na Nova Marabá.MAS/FEM01
09AUXILIAR DE ESCRITÓRIO – Ensino Médio completo, informática básica com conhecimento em Excel, 1º EMPREGO. R$ 908,35FEM01
10AUXILIAR DE MECANICO DE AUTOMÓVEIS – Fundamental completo, com experiência na área, que more no núcleo Nova Marabá.MAS01
13BABÁ – Fundamental completo, experiência na função, morar no Bairro Belo Horizonte.FEM01
14BABÁ – Experiência na função, referência de trabalhos anteriores.FEM01
15BABÁ – Apresentar referências de trabalhos anteriores, morar na Nova Marabá.FEM01
16CONSULTOR DE VENDAS – Ensino médio completo, experiência na área da construção civil.MAS/FEM01
17CALDEIREIRO – Com experiência na CTPS.MAS01
18DEPARTAMENTO PESSOAL – Ensino médio completo, informática básica, ter conhecimento de rotinas administrativas, departamento pessoal, folha de pagamento, controle de arquivos, cadastro de novos colaboradores e em toda a área do departamento pessoal.MAS/FEM01
19DOMÉSTICA – Fundamental incompleto, experiência na função, idade entre 20 e 45 anos.FEM01
20DOMÉSTICA – Ensino fundamental completo, que tenha referências, de preferência que possa morar na casa.MAS/FEM01
21DOMÉSTICA – Ensino fundamental completo que tenha facilidade de lidar com crianças, que more no núcleo nova marabá.FEM01
22DOMÉSTICA – Fundamental incompleto, acima de 25 anos, conhecimento em cozinhar, que more próximo à Folha 26.FEM01
23EMBALADOR PCD- Ensino médio completo que possa trabalhar até as 21:00 horasMAS03
24ENCARREGADO DE DEPARTAMENTO PESSOAL – Ensino médio incompleto, com ou sem experiência, 1º emprego, PCD (Pessoas com Deficiência).MAS/FEM01
25ENCARREGADO DE DEPARTAMENTO PESSOAL – Ensino médio completo, com experiência na área de Departamento Pessoal, folha de Pagamento, recrutamento de novos funcionários, rescisão de contrato, férias, recolhimento de encargos.MAS/FEM01
26ESTÁGIO SUPERVISIONADO – Cursando Graduação: Administração, Contabilidade ou Engenharia Civil.MAS/FEM01
27ESTOQUISTA – Ensino médio completo, com ou sem experiência, que more no Núcleo Nova Marabá, idade até 30 anos.MAS02
28FRENTISTA – Ensino Médio completo, informática básica com conhecimento em Excel, 1º EMPREGO. Salário R$ 950,00FEM01
29GARÇON DE BAR – Fundamental completo, informática básica, com experiência não comprovada ou curso na área.MAS/FEM02
30GARÇONETE – Ensino médio completo com ou sem experiência, de 18 a 30 anos, que more no núcleo nova marabá.FEM01
31MARMORISTA – Fundamental completo, com experiência na CTPS ou que tenha o curso de meio oficial.MAS01
32MECANICO DE AUTOMÓVEIS – Fundamental incompleto, com experiência na CTPS, curso na área.MAS02
33MECÂNICO DE AUTOMÓVEIS – Fundamental incompleto, com experiência sem comprovação na CTPS.MAS02
34MECANICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINA INDUSTRIAL – Ensino médio completo, experiência comprovada na CTPS, disponibilidade para morar em outro município.MAS01
35MOTORISTA – Habilitação “E”, experiência na CTPS com carreta Bitrem ou Tritrem, os candidatos serão pré-selecionados no SINE para trabalhar em Imperatriz-MA. Salário R$ 1.665,99MAS/FEM20
36OPERADOR DE CALDEIRA – Com experiência na área, não precisa estar comprovada na CTPS.MAS  01
37OPERADOR DE CAIXA – Ensino médio incompleto, com ou sem experiência, 1º emprego, PCD (Pessoas com Deficiência).MAS/FEM01
38OPERADOR DE CAIXA – Com experiência, ensino médio completo, informática básica, Deve morar na Cidade Nova.MAS01
39OPEREDOR DE CAIXA PCD- Ensino médio completo, conhecimento de informática, que possa trabalhar até as 21:00MAS03
40OPERADOR DE PROCESSO DE PRODUÇÃO – Trabalhar na SADIA, no Estado do Mato Grosso, não exige escolaridade e nem experiência. SALÁRIO R$ 860,20 + Plano de Saúde, Plano Odontológico, Vale Transporte, Seguro de Vida, Cartão Farmácia, Prêmio Assiduidade, Vale Alimentação no Valor de R$ 141,00.MAS/FEM10
41PASTELEIRO FRITADOR – Fundamental completo, com ou sem experiência. OBS: duas vagas, sendo uma para a Cidade Nova e outra para velha Marabá (Deve morar no núcleo urbano onde irá trabalhar).MAS02
42PEDREIRO – Conhecimento na área, possuir disponibilidade para viajar para Itupiranga.MAS10
43PROMOTOR DE VENDAS – Ensino médio completo, com ou sem experiência, com disponibilidade para trabalhar os finais de semana.MAS/FEM02
44PUBLICITÁRIO – Graduado na área, Experiência comprava na CTPS, experiência na área de planejamento e criação.MAS/FEM01
45RECEPCIONISTA NOTURNO – Ensino Médio, experiência em atendimento ao público.FEM01
46RECEPCIONISTA DE HOTEL – Ensino Médio Completo, com ou sem experiência, curso de atendimento ao público.MAS/FEM01
47RECEPCIONISTA SECRETÁRIA – Ensino Médio Completo, informática básica, com ou sem experiência, CNH “A”, morar preferencialmente na Cidade Nova.FEM01
48REPOSITOR PCD – Ensino médio completo, que possa trabalhar até as 21:00 horasMAS04
49SERRALHEIRO PROFISSIONAL – Fundamental completo, experiência e curso de serralheiro, trabalhar em Canaã dos Carajás.  (ENTREGAR CURRÍCULO)MAS01
50SERVIÇOS GERAIS (EMPREGADO DOMÉSTICO NOS SERVIÇOS GERAIS) – Ensino Médio, informática básica, com CNH “A”, morar no Núcleo Nova Marabá.MAS01
51SERVIÇOS GERAIS (EMPREGADO DOMÉSTICO NOS SERVIÇOS GERAIS) – Fundamental completo, experiência.MAS01
52SERVIÇOS GERAIS (EMPREGADO DOMESTICA NOS SERVIÇOS GERAIS) – Ensino Médio Completo, experiência em limpeza e conservação de ambiente, disponibilidade de horário.MAS01
53SERVIÇOS GERAIS (EMPREGADO DOMESTICA NOS SERVIÇOS GERAIS) – Ensino Fundamental Completo.MAS/FEM01
54VENDEDOR EXTERNO – Ensino médio completo, informática básica, com experiência na CTPS, CNH, possuir moto.FEM01
55VENDEDOR EXTERNO – Ensino médio completo, informática básica, com experiência ou curso de Atendimento ao Público, com CNH AB, possuir moto.MAS/FEM01
56VENDEDOR NO COMERCIO VAREGISTA – Ensino médio completo, curso na área de vendas e atendimento ao cliente.MAS/FEM01
57VENDEDOR NO COMÉRCIO DE MERCADORIAS – Ensino médio incompleto, com ou sem experiência, 1º emprego, PCD (Pessoas com Deficiência).MAS/FEM01
58VENDEDOR – ENSINO Médio completo, curso na área de vendas ou atendimento ao cliente, possuir moto, CNH AB.FEM02
59VENDEDOR PRACISTA – Ensino fundamental incompleto, que possua CNH e veiculo próprio.MAS/FEM01
60ZELADOR – Fundamental completo, com ou sem experiência, morar no núcleo Cidade Nova, idade acima de 30 anos.MAS01

Secretaria de Planejamento apresenta Audiência Pública do Plano de Saneamento Básico de Marabá

A partir desse sábado, no auditório SEST-SENAT ocorrerá a primeira Audiência Pública do Plano Municipal de Saneamento Básico de Marabá, que inclui os investimentos e metas para o setor para os próximos 35 (trinta e cinco) anos.
O Plano de Saneamento Básico, elaborado pela Secretaria de Planejamento, engloba os serviços de água e esgotamento sanitário, drenagem e resíduos sólidos, tanto para a área urbana como rural do Município.
Segundo o Secretário Roberto Salame, todas as áreas do Município foram levadas em consideração e preveem investimentos importantes para a população mais carente da cidade: “Pensamos em um plano inclusivo que pensasse não só nas pessoas mais necessitadas, mas também nas regiões em que elas moram, por isso realizaremos audiências em todos os grandes bairros da cidade”.
Ainda de acordo com o Secretário, somente em água e esgotamento sanitário estão previstos mais de R$ 1,2 bilhão em investimentos, sendo que mais de 30% (trinta) por cento desses investimentos deverão ser realizados até 2016.
Na área de resíduos sólidos estão previstos o encerramento das atividades do lixão, a implantação de um novo aterro, além da implantação de coleta seletiva, tratamento de resíduos de saúde com investimentos totais de R$ 75 milhões de reais. Também foram previstos investimentos totais de R$ 32 milhões nos núcleos rurais de Marabá.
Ainda segundo o Secretário, o Plano Municipal de Saneamento compreendia a principal prioridade da Secretaria de Planejamento para o primeiro ano da Administração: “Enfrentar o problema do saneamento básico era uma determinação do Prefeito desde o primeiro dia do governo. Em um ano, conseguimos elaborar um planejamento que vai mudar a vida das pessoas para sempre. É um orgulho fazer parte desse momento da história de Marabá”.
As audiências do Plano se iniciam no sábado, as 8 horas da manhã e vão até o dia 28 de Abril, quando os resultados serão apresentados na Câmara Municipal.
Veja abaixo o calendário de audiências do Plano:
Data
Local
22/03 – 8hAuditório Sest/Senat – Bairro São Félix II
24/03 – 8hEscola Municipal Martinho Mota – Nova Marabá
26/03 – 8hCine Marrocos – Marabá Pioneira
27/03 – 8hEscola Municipal Adelaide Molinari – Vila Sororó
28/03 – 8hCâmara Municipal – Cidade Nova

Assistência Social realiza Busca Ativa de população ribeirinha em Marabá

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência e Promoção Social (Seasp), realizou na manhã desta sexta-feira (21), a Busca Ativa nas áreas com população ribeirinha. O objetivo da busca foi localizar e identificar famílias isoladas pela cheia dos rios, além de entregar cestas básicas para a população previamente cadastrada.
A secretaria Bia Salame e sua equipe localizou os moradores da Vila São Sebastião, uma comunidade ribeirinha localizada às margens do rio Itacaiúnas. Graciliano Pereira, morador da vila foi o primeiro a receber cesta básica e mostrou à equipe da Seasp seu local de moradia, uma palafita onde mora ele e mais um casal.
“Essa cesta básica vai nos ajudar, o pessoal que mora por aqui não está por perto então ficamos mais isolados. Esse ano a água veio com força, mas se vierem aqui no verão, a paisagem é linda”, disse ‘seu Graciliano’. O morador espera apenas o fim da estação das chuvas para começar o plantio de milho, mandioca e também planeja a construção de uma horta para consumo familiar.
Outra pessoa que está aguardando o final da estação das chuvas é Gilvan Gomes, residente na vila. Participante da diretoria da recém-criada Associação de Moradores da Vila São Sebastião, o ribeirinho tem se preocupado com a saúde e alimentação das crianças da localidade.
“A chuva vem misturando águas e causa micoses e vermes nas crianças. Não temos quem olhe por nós aqui quando estamos longe do centro, até agora a única ajuda que recebemos foi da Prefeitura”, disse o morador.
Bia Salame informou que a Seasp vai assistir os moradores ribeirinhos com a doação de cestas básicas, que serão distribuídas quinzenalmente, além de desenvolver uma ação na vila, que vai contar com a equipe do CRAS Volante, proporcionando meios para a inscrição em programas do Governo Federal, além de ações de saúde.
“Essa população é carente da atenção do governo, durante as chuvas eles ficam isolados em suas casas. Daí a importância da participação da Seasp na Busca Ativa dessas pessoas, que apenas nessa vila somam 70 famílias”, disse Bia Salame.

Em Marabá, Dilma garante hidrovia com derrocamento do Pedral do Lourenção

A presidente Dilma Rousseff desembarcou em Marabá por volta das 13h desta quinta-feira (20), para assinar o edital da licitação para as obras de derrocamento do Pedral do Lourenção, obra considerada estratégica para o desenvolvimento da região do Carajás e de todo o Meio Norte do País e fundamental para o escoamento da produção de grãos e de parte do minério extraído na região.
Além de autorizar o derrocamento, Dilma entregou 80 caçambas e 30 motoniveladoras para 89 municípios da região, equipamentos adquiridos com recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento, conhecido como PAC II.
O evento, realizado em um palco montado ao lado do aeroporto de Marabá reuniu cerca de três mil pessoas e contou com pronunciamentos do prefeito João Salame, de integrantes da comitiva presidencial e, por fim, da própria Dilma.
“Hoje é um dia histórico para o povo de Marabá. Queria dizer que você, Dilma, está sendo a melhor presidente para Marabá. Quero agradecer ao Governo Federal todas as obras do PAC, que desde 2013 já somaram R$ 613 milhões. Obras como as grotas do Aeroporto e Criminosa e as 6 mil casas populares construídas para a população marabaense. E o que dizer do Pronatec, que somente em Marabá já qualificou mais de 3.100 jovens, levando Marabá a ser a primeira cidade do Pará em número de pessoas qualificadas pelo programa? Queremos agradecer a atenção que a presidenta tem dado ao ensino infantil, com a liberação de recursos para a construção de 22 núcleos de educação infantil”, disse João Salame ao iniciar seu discurso.
O prefeito também relembrou a participação efetiva do Governo Federal na duplicação da Transamazônica, no programa Luz Para Todos – que gerou energia de qualidade às pequenas propriedades rurais- além da criação da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e do programa Mais Médicos, que garantiu seis médicos cubanos habilitados para atender à população dos bairros de periferia de Marabá.
“Quero pedir uma atenção especial para a Defesa Civil Nacional. Estamos atualmente com mais de 1200 pessoas atingidas pelas cheias dos rios Itacaiúnas e Tocantins, e isso gera um custo alto com alimentação, construção de abrigos, energia e proteção dessas pessoas. A ajuda do Governo Federal é fundamental também para essas pessoas que estão em uma situação tão desconfortável e difícil”, lembrou o prefeito.
João Salame também relembrou a necessidade da construção de uma nova ponte sobre o rio Itacaiúnas, para melhorar a mobilidade urbana nos trechos que ligam os núcleos de Marabá e a construção da estrada que liga Marabá à cidade de Redenção. O prefeito também pediu a construção de três escolas de ensino integral nos centros da cidade, possibilitando que crianças sejam assistidas com todo o ensino enquanto os pais trabalham.
“Esperamos agora que, com a derrocagem, a hidrovia logo esteja pronta e a Vale finalmente traga para nós a Alpa. Marabá precisa do distrito industrial para o crescimento da região do Carajás e também para a verticalização do minério, já que estamos acostumados apenas a ver nosso minério indo embora”, disse.
O Ministro de Transportes, César Borges, também entende a derrocagem do pedral como uma ação fundamental para a viabilidade da hidrovia Araguaia-Tocantins. “A hidrovia é um sonho de décadas que o Brasil todo tem e, para que haja 100% de navegabilidade em todos os dias do ano, é necessário que sejam feitos 43 quilômetros de derrocagem. Esse trecho terá de 145 a 160 metros e largura e com o mínimo de três metros de profundidade em toda sua extensão, garantindo que os produtos sejam escoados pelo Pará, pela Amazônia, priorizando as hidrovias que já são modais naturais”, disse o ministro.
Miguel Rossetto, ministro do Desenvolvimento Agrário, reconhece a necessidade de priorizar também o desenvolvimento agrário, recuperando estradas vicinais e possibilitando que pequenos produtores e agricultores familiares escoem sua produção aos centros comerciais. “Com a entrega dessas 110 máquinas aos pequenos municípios do Pará, o Governo Federal conclui o repasse dos R$ 53 milhões do projeto de desenvolvimento das áreas rurais do país”, informou o ministro.
“O projeto para a hidrovia foi estudado por diversas universidades, empresas e até mesmo pela Marinha. No entanto, sabemos que a hidrovia é importante não só para o Pará, mas também para o Brasil, pois sabemos que podemos utilizar a extensa bacia hidrográfica que possuímos para o escoamento da produção nacional” afirmou a presidente Dilma. “A história nos ensina que o Brasil foi colonizado a partir do litoral, mas foi por nossos rios que ocupamos as áreas do interior do país, que conquistamos uma área tão extensa sob domínio nacional”, prosseguiu a presidente.
Segundo Dilma, atualmente cerca de 80% da produção nacional é exportada através dos portos de Santos e Paranaguá, ocasionando atraso no transporte e posterior aumento no preço da mercadoria. “O transporte pela hidrovia é 50% mais barato do que o transporte tradicional por rodovias e ferrovias, além de gerar o aumento do valor de exportação, pois os novos portos estão mais próximos da área norte do hemisfério”, esclareceu.
“Sabemos que a hidrovia é um passo importante para o desenvolvimento de nosso pais, mas não podemos esquecer de priorizar a educação, que proporciona um desenvolvimento real ao Brasil. Muito me alegra que os pedidos do prefeito João Salame estejam também voltados para a educação, queremos um pais competitivo no mercado mundial, mas também uma população dedicada a aprender, que trabalhe para que nos desenvolvamos com mais força e rapidez”, disse Dilma, que também informou que esforços estão sendo feitos para construir um pais focado na educação, através da destinação ao setor de 75% dos royalties do petróleo e 50% do fundo social do pré-sal  ao setor.
Estiveram presentes no palanque, entre outros, o senador Jader Barbalho; Helder Barbalho, presidente da FAMEP; Jorge Ernesto Fraxe, Diretor Geral DNIT; senadora Katia Abreu; ex-governadora Ana Júlia Carepa; deputados federais Mario Couto, Wandenkolk Gonçalves, Claudio Puty e Beto Faro; César Borges, Ministro dos Transportes; e Simão Jatene, governador do Pará

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.