quinta-feira, 6 de março de 2014

E QUE O POVO DIGA, AMÉM!

Primeira noite do Carnaval 2014 anima Marabá em vários núcleos da cidade

O Carnaval 2014, da Prefeitura Municipal de Marabá, iniciou na noite de sábado (1°), com a participação de marabaenses e turistas. O evento começou animado com o desfile de seis blocos pelo corredor da folia, na orla do Rio Tocantins. A programação segue até a terça-feira (4).
A abertura do arrastão dos blocos na Marabá Pioneira ficou por conta do “Abre-Alas”, da Secretaria Municipal de Turismo, em que estavam o rei e a rainha do Carnaval, Vinícius Cavalcante e Emanuele Nascimento, que davam boas vindas aos visitantes da cidade e ainda recepcionaram os marabaenses na festa popular. Em seguida, os blocos Xodó da Mamavó, Vai que Cola, Traíra de Óculos, Esplendor, Renegados e Carro de Mão fizeram a festa.
Um dos foliões que estava bastante animado era Romário da Conceição Cardoso, roupeiro do time do Águia, que chamava a atenção por onde passava, com sua irreverência. É a terceira vez que ele participa do carnaval em Marabá. “A festa com certeza está de parabéns, sem violência, com muita paz e alegria”.
A novidade deste ano, segundo o secretário municipal de Cultura, Cláudio Feitosa, é que o carnaval está descentralizado, com desfiles de blocos e apresentações de bandas regionais em outros três pontos, além da orla do rio Tocantins. A prefeitura investiu R$ 380 mil no carnaval este ano. “Melhoramos a estrutura, aumentamos o número de bandas, comparando com o ano passado, que investimos R$ 140 mil”, disse, ressaltando que 11 bandas foram contratadas para se revezarem nas quatro noites de Carnaval. Após o arrastão dos blocos com trio elétrico, teve o show da banda Axé Balada.
Carnaval Liberdade – No bairro Liberdade, a primeira noite de carnaval reuniu cerca de cinco mil foliões, que também teve arrastão de blocos, apresentações de dança e o show das bandas Swing Moleque e Frevo Maior, que animou a multidão.
Fazendo parte da organização do evento no bairro Liberdade, Marcos Bandeira, dono do bloco Levada Louca, afirmou que o carnaval deste ano, contou com uma melhor infraestrutura, palco, som e bandas melhores. “Temos que comemorar que o bairro Liberdade também entrou no calendário oficial de Carnaval”.
Bastante animado, o casal Marisa Magalhães da Luz e Dielson Luz Rodrigues também aprovou as apresentações que ocorreram no bairro Liberdade. “Está bom demais. É a segunda vez que participo do carnaval em Marabá e não estou arrependida de ter optado em passar a folia na cidade”, disse a mulher.
Carnaval Morada Nova – Em Morada Nova também houve festa, com desfile de blocos e show artístico com Nenzinha.
Para garantir a segurança dos brincantes, a Secretaria Municipal de Segurança Institucional (SMSI), disponibilizou 27 viaturas e 94 servidores (Guarda Municipal, DMTU, Postura). A Polícia Militar destacou 100 militares e o Corpo de Bombeiros 30 homens, além dos efetivos normais.

Foliões fazem a festa na segunda noite de carnaval em Marabá

Muitos foliões foram conferir a programação da segunda noite de Carnaval da Prefeitura Municipal de Marabá neste domingo (2). A festa reuniu famílias inteiras e contou com o show artístico de quatro bandas, que animaram a noite com muito axé, marchinhas de carnaval e pagode.
Apesar da chuva que caiu no início da noite, os foliões não desanimaram. Além da orla do rio Tocantins, que contou o arrastão de sete blocos carnavalescos – Nana Beats; Tradição do Maneco; Chapéu de Couro; Mamãe eu Quero; Copo Furado; Amor Perfeito e Levada Louca -, também houve arrastões de blocos na Liberdade e Morada Nova.
O prefeito João Salame acompanhou os shows de Ruanna Ly e do Grupo Todo Seu, no palco montado na Praça São Félix de Valóis, na Marabá Pioneira e também esteve prestigiando a festa no bairro Liberdade.  Ele lembrou que no ano passado a programação oficial foi apenas na Marabá Pioneira. Mas, que este ano a Prefeitura Municipal descentralizou, assumindo o Carnaval do bairro Liberdade e Morada Nova. “Nós também estamos ajudando a folia em São Félix, e eu espero que no ano que vem a gente também tenha na Nova Marabá”, disse.
Salame acredita que com a Folia de Momo descentralizada, todos participam e não tem tumulto, igual ocorreu em anos atrás. “Isso evita até brigas, atritos, e é uma maneira de prestigiar todos os outros lugares da cidade”, disse, ressaltando que acredita que essa filosofia está sendo aprovada e que em 2015, a Prefeitura deve trazer atrações mais famosas para fomentar a vinda de turistas das cidades circunvizinhas.
Carnaval Morada Nova – Em Morada Nova, a agitação no domingo ficou por conta da banda Sempre Assim. Quem prestigiou o evento lá foi à dona de casa Giomar Gomes, que estava acompanhada de uma irmã e mais duas sobrinhas. “Nós viemos ver o movimento e estamos gostando da organização”, disse.
Também esteve presente em Morada Nova o casal Fernanda Medeiros e Leonardo Conceição, que também estava animado com o show da banda. “Vamos acompanhar a programação até o final”, disse o homem, ressaltando que em anos anteriores não tinham shows artísticos, apenas desfiles de blocos.
Carnaval Liberdade – E no bairro Liberdade quem fez a festa foi a banda Axé Balada, que animou centenas de foliões que compareceram na praça do bairro.
Carnaval Nova Marabá – Na terça-feira (03), o tradicional bloco Vai Quem Quer, percorre as ruas da Nova Marabá pelo 31° ano. A concentração estará prevista para às 15 horas na Folha 28, na Marabá.

Sem ocorrências graves Segurança Pública considera tranquilo o Carnaval em Marabá

O Carnaval em Marabá, promovido pela Prefeitura Municipal da cidade, tem sido considerado tranquilo pelas autoridades de segurança pública. A programação está sendo descentralizada, com festas ocorrendo em todos os núcleos da cidade. O encerramento ocorre nesta terça-feira (4), com arrastão de blocos nos bairros Novo Horizonte e Km 7, além dos shows de bandas locais e regionais.      
A terceira noite de Carnaval também foi marcada por chuva, mas os foliões animados curtiram os shows das bandas Swing Massa, Jeito Inocente; Axé Balada; Ruanna Ly, Todo Seu; Nenzinha; Frevo Maior e Sempre Assim.
Segundo o tenente-coronel Fernando Barros, comandante da Guarda Municipal, o trabalho desenvolvido pelos órgãos de segurança está sendo em conjunto e a avaliação preliminar que ele faz é que está tranquilo. “Já visitei todos os locais em que estão ocorrendo às programações do Carnaval, este é o último, e está bem tranquilo, não só hoje, mas nas duas noites anteriores também”, informou o oficial, nesta segunda-feira (3).
O comandante da Guarda Municipal atribui essa tranquilidade ao alerta feito pelos órgãos de segurança, principalmente quanto à venda de bebida alcoólica em garrafa. “Eu acho também que não tiveram muitas ocorrências e as que tiveram estão dentro da normalidade”, disse, complementando que as prisões que tiveram durante a festa de Carnaval foram por desacato.
A Guarda Municipal está atuando diariamente com 50 agentes. Já os policiais militares, sob o comando do major Eduardo Pimentel, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, está com 100 homens, se revezando durante as quatro noites de folia.
O oficial que esteve acompanhando a tropa em todas as noites, também faz uma avaliação positiva. “A nossa avaliação até este momento é positiva, pois as ocorrências que estão tendo são normais, e que não tem nada haver com o carnaval”.
A orientação que ele dá aos foliões é a de sempre: não consumir bebida alcoólica em exagero, evitar o consumo de bebida alcoólica em vasilhame de vidro ou a utilização de qualquer utensílio de vidro que possa causar dano à integridade física e, que o folião vá para a área de carnaval sem objeto de valor.
Saúde – A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou equipes, composta por enfermeiros, técnicos de enfermagem e ambulâncias para realizarem os primeiros socorros caso necessário.
A enfermeira Raiane de Sousa, que estava comandando a equipe de saúde da Marabá Pioneira, informou que os principais atendimentos realizados pela equipe foram de: curativo, glicose e aferição de pressão arterial. Caso necessário, o paciente seria encaminhado ao Hospital Municipal de Marabá, mas até ontem, nenhum caso grave, que precisasse encaminhamento foi registrado.
Blocos – A programação oficial do Carnaval em Marabá encerra hoje (4). À tarde é a vez do bloco “Gaiola das Loucas” promover o arrastão. Com mais de 30 anos de fundação, a previsão é de que cinco mil pessoas participem do desfile do tradicional bloco. A concentração ocorrerá na Praça do Novo Horizonte, a partir das 14 horas.
Também na tarde de hoje, ocorre o arrastão do bloco “Jegue Elétrico”, que há 11 anos promove o arrastão na terça-feira de carnaval no bairro Km Sete. Segundo os organizadores, a expectativa é que o bloco reúna aproximadamente quatro mil brincantes pelas ruas do bairro. A concentração também é a partir das 14 horas.
À noite a programação oficial de carnaval, promovido pela Prefeitura Municipal, também prossegue na Marabá Pioneira com o show da banda Frevo Maior e Léo Bruno; em Morada Nova com Léo Nicácio; no bairro Liberdade com Nenzinha e Sempre Assim; no Novo Horizonte com a banda Axé Balada e no bairro Km 7, com Rony Mota.

“Vai Quem Quer” mantém tradição e arrasta multidão na Nova Marabá

Quando a assunto é carnaval, tem quem prefira a megaprodução das escolas de samba do Rio de Janeiro; outros preferem os camarotes estelares da Bahia ou mesmo os shows em grandes palcos. Mas, é bom saber que em meio a tantas opções ainda sobrevive a tradição dos blocos de rua e, em Marabá, o “Vai Quem Quer” é sua perfeita tradução.
Criado há mais de 30 anos, o bloco que começou com meia dúzia de brincantes, em 1983, agora é capaz de arrastar mais de 12 mil pessoas pelas ruas da Nova Marabá, como fez nesta segunda-feira (3). Vindas de diversas partes da cidade, elas concentraram-se aos poucos ao redor dos trios elétricos e em seguida saíram dançando pelas ruas do núcleo ao som de músicas as mais variadas. Algumas capricharam na fantasia, trouxeram a família e garantiram que uma tradição fosse mantida e a diversão de uma forma agora um tanto incomum. Enquanto isso, nas calçadas famílias aguardavam a passagem do bloco. Diversão democrática e para todos, de todas as formas. Tudo como deve ser.
O carnaval, antes de virar uma espécie de “indústria”, um “produto” a ser comercializado, era festa libertária. Nos três dias que antecediam a quaresma – tempo de contrição e abstinência de prazeres carnais – os cristãos tratavam de extravasar a alegria no “festival da carne” e o faziam em grande estilo.
Em sua origem europeia, o Carnaval era marcado pelos desfiles de fantasias pelas ruas das cidades e nos grandes salões de baile. Personagens da “Commedia dell’arte” – pierrot, colombina, arlequim e pantaleone – juntavam-se ao Rei Momo em trajes luxuosos para festejar. No Brasil, a festa foi perdendo o caráter elitista e os “cordões” evoluíram para os “corsos” e estes deram origem aos “blocos”.
Nos blocos imperava a liberdade. Cada um poderia assumir um personagem e dançar os ritmos do momento. E é este carnaval à moda antiga que o “Vai Quem Quer” ajuda a manter vivo. Uma forma de fazer carnaval que encanta quem brinca e quem apenas espera “o bloco passar”.
Nesta terça-feira (4) será a vez do “Gaiola das Loucas”, na Cidade Nova e do “Jegue Elétrico”, no KM 7, mostrarem que também fazem a sua parte para garantir que a tradição dos blocos de rua seja mantida no Carnaval em Marabá.

Carnaval “descentralizado” leva milhares de pessoas às festas. Secretário de Cultura faz balanço positivo

A noite desta terça-feira (4), última do Carnaval em Marabá, promovido pela Prefeitura Municipal da cidade, apesar de tranquila, foi marcada por uma forte chuva que começou por volta das 22 horas e foi parar na manhã desta quarta-feira de cinzas. Foram quatro dias de festa em todos os núcleos da cidade, enquanto na Orla do Rio Tocantins o arrastão de 13 blocos e 11 bandas animaram os brincantes.
A Prefeitura Municipal investiu este ano R$ 380 mil para fazer o Carnaval descentralizado, mais que o dobro de 2013, quando foram investidos R$ 140 mil. O secretário de Cultura de Marabá, Cláudio Feitosa, fez um balanço do Carnaval 2014. “Eu acho que foi muito positivo”, disse, complementando que em 2015, a Prefeitura vai investir mais recursos, para estruturar ainda mais o Carnaval de cada núcleo, sempre priorizando os músicos do município para fortalecer a produção cultural local.
Cláudio lembrou que em anos anteriores haviam festas carnavalescas em todos os lugares da cidade, mas os organizadores não tinham apoio nenhum e nem condições ideais. “Diante disso, nós resolvemos este ano que tínhamos (que oferecer) um pouco mais de estrutura, investir nisso e fortalecer o carnaval nas comunidades”, afirma.
Ele adianta que em 2015 a Prefeitura quer fortalecer também os blocos tradicionais da Marabá Pioneira, como o “Tradição do Maneco”. “Vamos trabalhar para isso, porque o Carnaval não é a festa somente pela festa, tem uma ideia por trás disso, é uma identidade do povo brasileiro, a maior festa popular do Brasil”.
Morada Nova – Na última noite de Carnaval em Morada Nova teve o show do cantor Léo Nicácio e os brincantes compareceram em peso. O coordenador do evento no bairro, João Pereira, afirma que todas as noites os foliões prestigiaram. “Há muito tempo a gente não tinha um carnaval desse em Morada Nova. Com certeza os foliões responderam à altura, o público veio. Eu só tenho a agradecer ao prefeito e todas as pessoas que se empenharam para que o Carnaval em 2014, pudesse acontecer”.
São Félix – Na terça-feira de Carnaval no bairro São Félix teve apresentações de quatro dj’s e o show do cantor Silvinho do Arrocha.  A prefeitura Municipal foi parceira do I Fest Folia de São Félix, que durou cinco dias.
Para André Lima, coordenador do São Félix, as cinco noites de festa superlotou e a estimativa é de que três mil pessoas tenham se reunido por noite. “Tiveram três noites de bandas e hoje tem o Silvinho do Arrocha para fechar com chave de ouro o nosso carnaval no São Félix. Eu creio que este ano, em São Félix, foi realizado o melhor carnaval de bairro”.
Liberdade – A última noite de Carnaval no bairro Liberdade também foi marcada com a presença de milhares de foliões, que curtiram os shows de Nenzinha e Sempre Assim. 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.