segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

PREFEITO JOÃO SALAME - O QUE ESPERAR DESSE HOMEM?

E agora, João?!

Primeiramente esperamos não ter nos enganado tanto com o discurso bonito e bem elaborado do então jornalista, deputado e candidato a prefeitura de Marabá. Esperamos que o militante de esquerda , o qual, segundo ele já foi, fale mais alto que o administrador de direita, repressor que quer vir a tona nesse momento de embate. Não esperamos que tenha a mesma postura retrógrada e viciada do PT e dos tucanos que não dialogam com a categoria e manda espancar trabalhador. Esperamos o mesmo político que a nós se apresentou levantando a bandeira do SIM, enfrentando o governador do Estado.
A postura de "não negociar enquanto o sindicato mantiver a greve" é comum aos comuns, não ao João que aspira ser "o melhor prefeito que Marabá já teve", o homem que quer ser o governador do Estado (de Carajás).
Esperamos que o nosso candidato não venha a ilustrar o ditado que diz "nem tudo o que reluz é ouro".   

Reações:

5 comentários:

  1. Aurismar,,, procure um personagem biblico e faça aquelas comparações divertidas que vc fazia com o MAUrino, quando vc o comparava com Nabucodonosor, quando foi pesado na balança era bem divertido,....

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente nada que vem do João Mentira me assusta,,,,

    ResponderExcluir
  3. ele devia pelo o menos aumentar o nosso visa alimentação

    ResponderExcluir
  4. Visa alimentação ? O que é isso companheiro? O ponto mais importante de nossas reinvidicações é, sem dúvidas, a HORA ATIVIDADE, ninguém aguenta mais trabalhar 200 horas em classe sem ter tempo pra planejar. Vamos continuar a lutar professores, venceremos essa batalha, somos mais forte do que um governozinho que quer gastar dinheiro da educação pra cumprir promessas levianas como os 500 km de asfalto!
    Vamos pra "porrada" com eles !

    ResponderExcluir
  5. havia tempos que não se sabia nem o que era hora atividade... acho bom lutar pelo menos pelo salário em dias e sem cortes

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.