quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

NOTÍCIAS DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL DE MARABÁ

O Carnaval nem começou, mas na CMM os confetes já foram lançados. Primeiro, uma lista duvidosa nos critérios de escolha, talvez um dois ou três da lista faça jus à honraria, mas o restante... tenho minhas dúvidas. Carnaval é festa popular, independente da visão religiosa de alguns, deve sim ser incentivada pelo poder público. Essa vivo, como todas as outras operadoras que atuam na nossa municipalidade deveria receber multa exemplar, se o PROCON de fato funcionasse - não julgo as pessoas que lá estão, mas o órgão - medidas já teriam sido tomadas. Ao digníssimo líder deixo essas estrofes de Augosto dos Anjos:  

           Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.
 Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!

A vereadora bate, depois afaga! 

Câmara homenageia 18 personalidades e entidades em Sessão Solene

por Cláudio José Pinheiro Filho última modificação 26/02/2014 21:01
Histórico
Entidades e pessoas que contribuem com o desenvolvimento do município recebem condecoração
 Câmara homenageia 18 personalidades e entidades em Sessão Solene

Pelos estimados serviços prestados ao município de Marabá, nos mais diversos segmentos sociais, 18 personalidades e entidades receberam, na noite desta quarta-feira, 26, títulos de honrarias concedidos pelo Poder Legislativo Municipal.
Os homenageados e seus convidados lotaram o Plenário da Câmara, e a Sessão Solene teve início por volta das 19h30.
A presidente da Câmara, vereadora Júlia Rosa, abriu o evento relembrando aos presentes que a Câmara, com esse ato, apenas reconhece a importância das colaborações de cada homenageado para com o desenvolvimento de Marabá. “Essas pessoas, ao longo de suas vidas, ajudaram a construir a história de Marabá, dedicando uma parcela considerável dos seus dias a obras espelhadas por este município, sejam elas materiais ou imateriais. Todas possuem biografias irreparáveis e relevantes trabalhos em prol da nossa sociedade nos mais diversos campos”, enfatizou Júlia.
Todos os outros vereadores endossaram o discurso da presidente e cada um relatou os feitos dos seus homenageados, levando ao conhecimento do público presente a atuação de cada um na sua respectiva área.



Veja abaixo lista dos homenageados pelo Poder Legislativo


N..

NOME

HONRARIA

DECRETO

AUTOR
01
ANTÔNIO  DE PÁDUA DE DEUS ANDRADE
CIDADÃO MARABAENSE
1.128
GUIDO
02
CIA. DE DANÇA YAGUARA
HONRA AO MÉRITO
1.129
ARAÚJO
03
GAVIÃO KYIKATÊJÊ FUTEBOL CLUBE
HONRA AO MÉRITO
1.130
PEDRO SOUZA
04
LUIZ ANTÔNIO MADEIRA FILHO
HONRA AO MÉRITO
1.131
PEDRO CORRÊA
05
VANDUIR JOSÉ DE LIMA
CIDADÃO MARABAENSE
1.132
MIGUEL
06
FEDERAÇÃO DAS COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR DO SUL DO PARÁ – FECAT
HONRA AO MÉRITO
1.133
ILKER
07
DJALMA BEZERRA MELLO
CIDADÃO MARABAENSE
1.134
IRISMAR
08
VALMIRA LOPES LADEIRA
CIDADÃ MARABAENSE
1.135
IRISMAR
09
VASNI BOTELHO MIRANDA
HONRA AO MÉRITO
1.136
ALÉCIO
10
JOSÉ MAURO FILHO
CIDADÃO MARABAENSE
1.137
JOÃO HIRAN
11
IBANÊS TAVEIRA DA SILVA
CIDADÃO MARABAENSE
1.138
LEODATO
12
IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS
HONRA AO MÉRITOP
1.139
ELOI RIBEIRO
13
JOÃO JOSÉ CHAVES
CIDADÃO MARABAENSE
1.140
RONALDO
14
JEANDERSON DA SILVA SARAIVA
CIDADÃO MARABAENSE
1.141
JÚLIA ROSA
15
ANTÔNIO ALVES DA SILVA
CIDADÃO MARABAENSE
1.142
UBIRAJARA
16
PATRÍCIA TOSCANO SIMÕES
HONRA AO MÉRITO
1.143
TOINHA
17
MARIA ARLETE DE MELO XAVIER
CIDADÃ MARABAENSE
1.144
VANDA

18
ANTÔNIO ZUCATELLI
CIDADÃO MARABAENSE
1.145
I. NAZARÉ





 ----------------------------------------------------------------------------

Apoio da Prefeitura aos grupos carnavalescos divide opiniões na Câmara Municipal

por Cláudio José Pinheiro Filho última modificação 25/02/2014 16:13
Histórico
Líder do governo diz que blocos tradicionais preferem que PMM banque a estrutura para a festa
Apoio da Prefeitura aos grupos carnavalescos divide opiniões na Câmara Municipal
Até que ponto – e qual o percentual – o poder público municipal pode contribuir para apoiar blocos carnavalescos para irem às ruas nas festas momescas? Essa pergunta dividiu opiniões na Câmara Municipal de Marabá na sessão desta terça-feira, dia 25.
Na visão do vereador Ronaldo Yara, um dos líderes do bloco Vai Quem Quer, na Nova Marabá, o carnaval é uma fonte de renda para o município e a Prefeitura precisa dar suporte para que ele aconteça e atraia turistas.
O vereador Pedro Correa compartilhou do mesmo pensamento do colega Yara e disse que municípios de porte bem menor que Marabá estão atraindo uma grande quantidade de foliões e gastando nessas cidades. “Precisamos fortalecer a Liga Carnavalesca, uma entidade cultural tão importante que já realizou vários carnavais em nossa cidade”.
O vereador Ilker Moraes, que trouxe a luz o debate, disse que muitos blocos não iram às ruas no Carnaval deste ano por falta de recurso. “Tínhamos que minimamente ajudar e contribuir com os blocos de carnaval. A burocracia só não existe nas boates. Para se ter uma ideia, se precisa tirar várias licenças para uma festa carnavalesca, a dificuldade é muito grande. O governo municipal deveria sentar e desburocratizar com essas instituições a liberação”.
Ilker disse que um presidente de bloco procurou a Secretaria de Cultura e não recebeu uma informação clara de como proceder para receber apoio financeiro do poder público para fortalecer seu bloco.
O vereador Ronaldo Yara voltou a discutir o assunto e disse que os blocos devem procurar também uma forma ir às ruas e mostrar que têm força para permanecer no calendário carnavalesco e aí solicitar apoio oficial.
Pedro Souza, líder do governo na Câmara, e um dos comandantes históricos do bloco Gaiola das Loucas, observou que a subvenção dos blocos de carnaval é complexa, e os tradicionais e maiores são contra dar dinheiro para todos que aparecerem. “No entendimento dos blocos maiores, a Prefeitura deve oferecer a estrutura para o espetáculo, e ela vem fazendo isso”, garantiu.
A vereadora Vanda Américo disse que cultura não se faz desse jeito, com pires na mão. Por isso, disse que deixou de fazer carnaval em Marabá. “Saímos do cenário e foi acabando o clima. Vão acabando e morrendo as escolas, os blocos e o povo vai passar o carnaval em outros locais”, lamentou.

 ------------------------------------------------------------------


Audiência pública com a Vivo é adiada para o dia 12 de março

por Cláudio José Pinheiro Filho última modificação 25/02/2014 16:09
Histórico
Pedido para adiamento partiu da própria operadora, que enviou documento à Câmara
Audiência pública com a Vivo é adiada para o dia 12 de março

Agendada para esta quarta-feira, dia 26, a audiência pública com a empresa de telefonia móvel Vivo, foi adiada para o dia 12 de março, por solicitação da diretoria da própria Vivo na região. A audiência foi solicitada à Casa de Leis pela vereadora Antônia Carvalho Araújo, a Toinha do PT, que lamentou o pedido de adiamento da empresa.
“Já imaginava essa possibilidade para ganhar tempo. Falam que precisam de tempo para provar que estão corretos, porém continuam com o sinal ruim, preços abusivos e mau funcionamento. Não respeitam o Procom, a Prefeitura Municipal e os demais poderes constituídos”, disse Toinha.
a vereadora Antônia de Araújo Albuquerque, a Toinha do PT, revelou que recebeu inúmeras denúncias no período de recesso do Legislativo em relação aos maus serviços prestados pela empresa de telefonia Vivo em Marabá. Segundo ela, muitas pessoas a procuraram se queixando dos problemas de sinal. “As reclamações chegam todos os dias em meu gabinete. Às vezes, as pessoas me abordam em local público para se queixar”.
Toinha ingressou com Requerimento solicitando à Mesa Diretora da Câmara uma audiência pública para que a comunidade e a direção da empresa de telefonia discutam os problemas existentes e apontem a solução para a melhoria do serviço público. Na ocasião, de acordo com a parlamentar, serão debatidos temas como o mau atendimento prestado pela telefônica e os preços exorbitantes praticados por ela, além de outras demandas da sociedade.
Toinha pediu ainda que para o evento sejam convidados o Ministério Público Estadual, representantes da empresa, Prefeitura, associações de bairros, sindicatos e a sociedade civil organizada. “Temos de ter uma saída para essa situação e dar uma resposta à comunidade”, destacou a petista.
A vereadora lembrou que em alguns municípios do país, a Vivo chegou a ser proibida de vender novos chips até que melhorasse a qualidade do sinal. “Deveríamos adotar o mesmo procedimento em Marabá para que a direção dessa empresa entenda que os usuários deste município merecem um tratamento digno porque pagam pelo serviço”, avaliou.
O vereador Leodato da Conceição Marques fez manifestação sobre a necessidade de ampliar as discussões e dar uma resposta para as comunidades que vivem na zona rural, que vivem sem sinal de telefone. “Para manter o homem no campo não se pode dar apenas terra. Tem que ter outros investimentos, inclusive na comunicação”, disse Leodato.



-------------------------------------------------------


Líder do governo tem sua atuação como líder de governo aprovada pelos colegas

por Cláudio José Pinheiro Filho última modificação 26/02/2014 21:06
Histórico
Pedro Souza diz ter a noção da dificuldade da sua função
Líder do governo tem sua atuação como líder de governo aprovada pelos colegas
Durante a sessão desta terça-feira, 25, o líder de Governo Municipal na Casa, vereador Pedro Souza, ao fazer uso da tribuna, teve sua fala interrompida pelos colegas, que teceram elogios à atuação do parlamentar no legislativo municipal, sobretudo, na posição de atuar na solução de dilemas entre os dois poderes.
Primeira a se posicionar sobre a questão, a presidente da Câmara, Júlia Rosa, disse que o exercício da liderança do governo em um parlamento requer grande maturidade por parte de quem se investe no cargo. “Nunca tinha visto um líder tão atuante e dedicado na função. Disposto a trazer informações ao parlamento, visando o aceleramento no debate dos problemas que afetam a sociedade e o município de Marabá”, elogiou Júlia Rosa.
Miguel Gomes Filho, o Miguelito, ratificou o posicionamento da presidente e também elogiou a postura de Pedro Souza. Segundo Miguelito, o líder tem ficado à frente dos problemas do Executivo no Legislativo. “O cargo de líder é inglório, muitas vezes se assume uma responsabilidade que não se tem”, frisou Miguel.
Guido Mutran enfatizou a luta do vereador. “O senhor é único líder que vi batalhando pelo governo que você acredita. Você liga, quer ajudar, quer participar e, às vezes, não é visto da maneira como deveria”, reconheceu Guido.
Irismar Melo falou que sabe das dificuldades de se exercer essa função dentro da política. “Já ocupei a mesma função que você desempenha e entreguei o cargo. Tenho observado que sua postura tem sido até de humildade, volta atrás onde vê que está errado e está sempre aberto ao bom debate”.
Fonte: www.maraba.pa.leg.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.