segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Gerentes de bancos são convocados para prestar esclarecimentos na Câmara


POR: CLÁUDIO PINHEIRO

A pedido do vereador Guido Mutran Júnior (PMDB), a Câmara Municipal de Marabá realiza nesta quarta-feira, dia 11, uma audiência pública para discutir com a comunidade os problemas no atendimento oferecido pelas agências bancárias locais. Todos os gerentes das agências existentes no município foram convidados para participar das discussões, uma vez que são crescentes as reclamações, por parte dos usuários, da má qualidade na prestação dos serviços.

O vereador Guido Mutran justifica que o Código do Consumidor está sendo desprezado pela grande maioria das agências e as reclamações sobre demora em filas se espalham por toda a cidade. “O direito do consumidor é direito da cidadania, que a cada ano se aperfeiçoa, garantindo ao cidadão acesso a bens e serviços de qualidade, além de lhes serem dispensados tratamento urbano e humano”, lembra o vereador.

Guido lembra que os bancos brasileiros lucraram muito nos 10 últimos anos e que o desrespeito com o consumidor cresceu na mesma proporção, seja através de contratos leoninos, cobrança de taxas e juros extorsivos ou mesmo ao tratamento dispensado aos clientes. “Os pobres usuários dos serviços bancários, via de regra, suportam horas a fio em filas, o que está em desacordo com a legislação específica, que limita essa permanência em no máximo meia hora. Não são disponibilizados assentos e mictórios suficientes para atender as necessidades desses usuários, o que torna insuportável a estada nas agências”.
***

Já denunciamos aqui no blog a situação caótica que se torna os bancos principalmente em dias de pagamento. O pior caso acontece nas agencias do Banco do Brasil, que apesar de ampliar sua rede com uma agencia na VP-8, não resolveu o problema. São mais de 10 mil servidores da prefeitura para sacar seus pagamentos, o que já é ruim fica pior. Uma das ideias que sugerimos é que a prefeitura faça pagamento escalonado por  secretaria, como faz o Estado. Comece a realizar o pagamento a partir do dia 24 de cada mês, não resolve o problema, mas diminui bastante o fluxo de pessoas querendo sacar dinheiro. Não deve ser difícil fazer isso.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.