domingo, 8 de setembro de 2013

A ORDEM QUE A POLÍCIA TINHA ERA BARRAR O SINTEPP


Como todos os anos o SINTEPP programou sua participação no grito dos excluídos. Nesse ano o nosso tema era SERVIDOR NÃO DESFILA PARA O GOVERNO, MARCHA EM LUTA. Assim que o governo soube de nossa programação, passou a nos assediar com diversas propostas de possíveis aprovações de projetos emperrados há tempos, tudo para que o ato não acontecesse. Como viu que mantivemos firme naquilo que a categoria aprovou em assembleia, o governo usou outra estratégia, barrar à força o movimento que teve participação não somente do SINTEPP como também de outros segmentos de luta social. Havia um destacamento policial acompanhando de perto todos os nossos passos, mas conseguimos furar a barreira e adentrar a Avenida com nossas bandeiras empunhadas. Mostramos ao governo que a categoria não se deixa vencer e lutaremos até as últimas consequências para defender os nossos direitos.

Reações:

2 comentários:

  1. Alguem lembra do desfile do ano passado? Lamentamos muito essa postura do governo,porem o anterior nao tinhamos essa preocupacao, lembram?

    ResponderExcluir
  2. Ao ver a reportagem hj no Barra Pesada, só lamentei a forma que os profissionais da Educação foram tratados, infelizmente o Governo Salame está demonstrando sua verdadeira FACE, acredito sim no SINTEPP mas precisa da CONSCIENTIZAÇÃO dos demais servidores que não compareceram, que nas paralisações não estão presentes, que nas greves não participam.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.