terça-feira, 6 de agosto de 2013

SESSÃO DA CMM MUITO DISCURSO E NENHUMA VOTAÇÃO

Até vassoura viu-se voando por lá


Não houve nenhuma votação na sessão da Câmara Municipal nesta terça-feira, apenas congratulações dos vereadores que estavam retornando do primeiro recesso dessa legislatura. No entanto, pode-se sentir que o clima não está para amores. O bloco dos que faz oposição ao governo, liderados pelo chamado de Vanda Américo, está pronto para o ataque aquilo que a ilustre vereadora chamou de "reformas esdrúxulas do prefeito" ao se referir aos projetos referentes a educação.
Segundo informou o vereador Pedro Souza, que representa o governo na câmara, a secretaria de educação está deixando um furo mensal de mais de 1 milhão de reais, e que se não for contidos os gastos agora, corre-se o risco de no final do ano não haver recursos para pagamento do 13º salários dos servidores da educação. "Precisamos fazer cortes agora, só que, cortar no salário dos servidores está fora de cogitação pelo governo" afirmou Pedro Souza ao mostrar como uma das medidas para diminuir a folha o fechamento de alguns espaços pedagógicos, inoperantes, diga-se, tais como a Biblioteca do Professor e a Casa do Professor.
Quem não aprova essa ideia e estive lá fazendo barulho foi a ex-secretária de educação, Kátia Américo, ladeada pelo professor Daniel, coordenador da Casa do Professor, esse é concursado como professor de nível médio para a Zona Rural, é claro que ele não quer voltar para lá, nem Kátia Américo quer trabalhar em sala de aula. Segundo dados apresentados pelo governo, são gastos mais de meio milhão de reais com professores lotados fora de sala de aula.
A maioria dos vereadores que se pronunciaram, inclusive a vereadora Toinha do PT, defendeu a ideia da necessidade de haver maior debate relativo a essas questões. Tudo bem, o debate é importante; mas corre-se o risco de findar o ano e nenhuma decisão ser tomada, corre-se risco de não se sair do debate.

Reações:

24 comentários:

  1. O governo chegou nessa situação por incompetencia.incharam a folha com seus cumpinchas.sou contra o fechamento da biblioteca e casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incompetência e deixar de fazer a coisa certa.Isso foi feito tarde, tinha que se em janeiro de 2013.Marilza Leite, lota essa galera na sala de aula pois são todos professores, e lá o seu lugar.

      Excluir
  2. Acho que tem que se ponderam as coisas, o governo não vai resolver a situação fechando os ambientes, mas sim fazendo os cortes, desrespeitando o trabalho das pessoas.PORQUE TANTA SANGRIA EM DESAGREGAR ALGUNS SERVIDORES,que de alguma forma sempre contribuiram com o municipio??? Acho que o caminho não é esse!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem desses desagregados que realmente trabalhavam e produziam. Precisava abrir uma auditoria na casa do professor e na biblioteca do professor.Vai em frente secretario, vc tem o apoio de que trabalha nessa rede.

      Excluir
  3. Aurismar, acredito q deveriam verificar era na semed há muitos contratos por lá... E vc sab disso amigo...

    ResponderExcluir
  4. Para começar a resolver o problema de redução de gastos com pessoal, deve-se cortar primeiro os comissionados contratados, professor aurismar, é o caso da coordenadora da Bibioteca do professor, não é concursada, veio de outra cidade, visto que não havia necessidade desta profissional estar atuando nesse espaço, considerando que lá já haviam 03 concursados, um absurdo, uma falta de respeito com o dinheiro tão escasso do FUNDEB.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E uma boa ideia sim, mas também precisamos cola car os pontos nos iiiiii. Em Maraba os es secretários não se acham mais dignos de irem trabalhar nas escolas. Ficar sem trabalhar parece ser muito bom.

      Excluir
  5. O que resolveria, mais o que eles não querem resolver, é simplismente deixa de contratar e demitir alguns contratados, só que isso jamais farão, é obvio que vai pairar, praticamento é o governo MAURINO so que de terno e gravata.. Simples assim....

    ResponderExcluir
  6. Na realidade, só pra efeito de esclarecimento, foram votados mais de 50 matérias na sessão de ontem, entre projetos e requerimentos.

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente, não acredito com o recurso escasso do FUNDEB.
    Porque que sempre querem mecher na educação, será que nao entendem que há outras secretarias que deveriam ser verificadas.
    Será que nós professores não merecemos mais investimentos. Nao trabalho na semed, nem tampouco na casa do professor, mais nao concordo com o fechamento desse ultimo ambiente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso precisamos dos professores na escola camarada. Valeu BRESSAN.

      Excluir
  8. A SEMED alega que o fechamento da Biblioteca do Professor e a Casa do Professor é contenção de despesas ai eu me pergunto a Biblioteca tinha 09 funcionários sendo 01 contratado e 08 concursados e o prédio e da Prefeitura ou seja a contenção de despesas vai ser só na energia porque os funcionário vão ser remanejados para outros setores da educação. São coisas difícil de entender neste governo.

    ResponderExcluir
  9. Vamos começar enchugando e mandando pra escols aquele monte de professores que super lotam os departamento da sede.
    Sou contra o fechamento da casa e da biblioteca.
    Sou contra o fim formação.
    Sou contra o fechamento da UAB.

    ResponderExcluir
  10. Pedro Sousa disse na tv que estão controlando as contas para não cometerem os mesmos erros do governo passado.
    So quero dizer pra ele , o governo desandou a muito tempo.ninguém chega a um déficit de msis de um milhão com controle. Os numeros mostram que o inchaço da folha com nomeação política, excesso de cargos desnecessarios pra gestão causou esses resutados.Eles querem economizar prejudicando o servidor concursados para proteger os apadrinhados.

    ResponderExcluir
  11. Eu estava na fila do caixa de um supermercado,quando ouvi duas mulheres conversando e uma disse pra outra:"E ai meu amor,você já foi na SEMED,eles estão contratando PROFESSORES e MERENDEIRAS."
    Fiquei encabulado em ouvir isso,já que o próprio secretário de educação disse que a folha tá inchada e terá que fazer cortes de gastos,será que isso é verdade Prof.Aurismar?

    ResponderExcluir
  12. Se buscarmos conhecer a estrutura da SEMED, iremos perceber que existem muitos departamentos que só servem para esconder servidores que não querem mais ir para as escolas ou quando lá estão fogem da sala de aula, esqueceram que são professores ou não se ver como tais.Ao se falar da casa e dana biblioteca do professor,vejamos quem estava ali lotados, a anos sem trabalhar, só batendo o ponto. Isso sim e jogar dinheiro pelo ralo. Vou mai longe a formação forma o que mesmo, e o tal NTE,e esses laboratórios, que estão cheios de professores lotados com 200hs. Como já disse existem muitos espaços ocupados por professores que se escondem da sala de aula.Sinceramente o recurso do FUNDEB não da para quem não que trabalhar.

    ResponderExcluir
  13. N sou a favor ou contra o fechamento dos prédios. só n da pra aceitar o argumento q foi usado...se todos os funcionários são concursados,o prédio e publico então onde esta o inchaço da folha nesse local? agora eu acredito q seja perseguição política só q ao invés de atingir o alvo certo acaba todos pagando o pato.bem isso e Para isso e Brasil

    ResponderExcluir
  14. O correto ou seja o justo seria começar a cortar cargos de comissionados, portarias isso e o q mais tem nessa administração...tem secretarias q tem primeiro,segundo e sabe se la quantos isso sim aliviaria a folha

    ResponderExcluir
  15. É impressão minha, ou as coisas ficaram pior para a educação nos últimos meses? Se a folha ultrapassou, só temos uma frase pra isso: Falta de organização e ética política.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incompetencia de toda equipe da semed... Estão lá so para afundar a educação...

      Excluir
  16. Não sou a favor do fechamento de espaços pedagógicos,mais sim de uma reestruturação dos mesmo a população não pode ficar privada de algo que vai lhe ajudar por causa de meia dúzia de pessoas que sinceramente não querem trabalhar , vamos fazer um concurso interno para esses espaços com validade por quatro anos e com critérios a serem estabelecidos pelas pessoas da rede que querem acessar essas vagas.Ai sim meu amigo se o servidor não passar no certame ele volte para as salas de aula. LEMBRANDO QUE O CONCURSO DE TODO PROFESSOR É PARA SALA DE AULA E TEM MUITA GENTE QUE DURANTE ANOS SE ESCONDEU EM OUTRAS FUNÇÕES PARA NÃO VOLTAR PARA REGÊNCIA DE SALA E TAMBÉM POR CONVENIÊNCIA POLÍTICA DE ALGUNS VEREADORES JUNTAMENTE COM OS PREFEITOS QUE PASSARAM INCLUSIVE O ATUAL.

    ResponderExcluir
  17. E a maior declaração de incompetência que um gestor pode dar.A folha estourou, existe um deficit de mais de um milhão.O secretario fala como se ele estivesse se referindo a uma coisa alheia a ele.
    quem esta afrente da educação?
    quem é o responsável pela administração dos recursos?
    quem é o responsável pela lotação de escolas e secretarias?
    quem faz o controle de gastos da semed(gastos pessoal e manutenção do ensino)?
    Um conselho para o prefeito; poem para correr essa turma da semed, aproveita essa declaração de incompetência que o secretario de educação deu. A semed ta falida!!!!!!!!!bota pra corre antes que a coisa piore.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor prefeito ate quando vc vai deixar esse Bressan afundar a semed? Abra o olho eles iram acabar com a educação deste municipio... Cada dia,fazem uma besteira e ainda.se acham.. Saudades de pessoas sabias e competentes a frente da educação..

      Excluir
  18. Tem professor(a) lotado em escolas ou na própria SEMED que fica fazendo trabalho que poderia ser feito por um tec.administrativo ou um auxiliar de secretária,tá na hora de acabar com isso.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.