terça-feira, 18 de junho de 2013

LIMPANDO A M... , MAIS UMA VEZ

Vocês lembram dessa postagem FOLHA DE DEZEMBRO/2012 - TEM ALGO FEDENDO AI? Pois então, deu merda. A servidora citada sentiu-se ofendida e recorreu à justiça requerendo indenização por danos morais. Achei justo da parte dela. Toda pessoa que se sente ofendida por qualquer coisa que seja deve procurar os seus direitos. É claro que isso vai lhe custar muitas noites de sono e preocupação, disposição para ir às audiências, e esperar anos por uma decisão que pode não lhe ser favorável. 
Para tentar evitar essa penosa via-crúcis é que existem os juizados especiais, previsto sua criação no artigo 98 da Constituição Federal, os juizados especiais foram estabelecidos pela Lei Federal nº 9099, de 26 de setembro de 1995. Sua função principal é  promover a conciliação, o julgamento e a execução das infrações penais consideradas de menor potencial ofensivo. Com isso pretende-se desafogar a justiça do oceano de processos que a cerca. 
O nosso caso foi parar nas mão do MM. Juiz de Direito, Dr. CRISTIANO MAGALHÃES (cujo sobrenome penso ser apenas uma coincidência). A proposta da vítima (vítima da administração maléfica que foi a do governo Murino Magalhães) era de receber certa quantia em dinheiro como forma de reparação ao dano sofrido pela postagem que citei acima. Recusamos essa proposta por entendermos que estávamos no papel de fiscalizador do dinheiro público e como tal tínhamos o legítimo direito de duvidarmos da explicação de quem quer que seja. No entanto, para evitarmos o desgaste que seria esse debate, é que aceitamos a proposta muito competentemente mediada pelo meritíssimo senhor Juíz de direito, Dr. Cristiano Magalhães, em aceitar um pena alternativa de prestação de serviço social. Vou ter que cumprir 60 horas de serviço comunitário em 2 meses conforme consta o TERMO DE AUDIÊNCIA abaixo. Assim fica todo mundo feliz e a justiça, cega. 




Reações:

10 comentários:

  1. Obrigado, companheira Fátima Tabosa, pelo lamento.


    ResponderExcluir
  2. Vou pedir pra tu cumprir esta pena lá no CRRAMA! Rsrsrsrsrrs!

    Wendel (lembra que eu dou aula lá)

    ResponderExcluir
  3. Está certo, estou a disposição da justiça.

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo aurismar estamos com vc e saiba que apesar de tudo isso vc é o cara
    João marcelo aluno da UFPA

    ResponderExcluir
  5. Valeu João Marcelo, que bom que meu blog é de interesse de alunos da UFPA. Fico feliz com isso.

    ResponderExcluir
  6. OPS! Quase pingava um pouquinho da m... aqui!
    Eu acho que você devia esse acordo pois para mim você é inocente. Mas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. digo , Eu acho que você não devia aceitar esse acordo pois para mim você é inocente. Mas...

      Excluir
  7. Estou sabendo que tem alguns incompetentes , querendo atrapalhar o trabalho que a professora Cristiane Aquino estar tentando fazer como diretora , e só lamento por que a SEMED não toma providençias no sentido de resolver essa situação ouvindo os próprios funcionários daquela escola !! ACORDA SEMED !!

    ResponderExcluir
  8. Isso e' apenas uma das coisas que nós ganhamos por defender os interesses coletivos da nossa categoria. Quando acusamos alguém sempre somos ameaçados de processos e as vezes até de morte. Ne
    m sempre podemos nos defender da língua afiada de nossos adversários, pois enquanto nós lutamos e enfrentamos nossos adversários cara a cara... eles sempre agem na calada da noite.... como coiotes só esperando vc dormirnpara eles arrancarem o seu coração. O coiote e' covarde! Mas nós não, nos lutamos até o fim..... e o fim ainsa está muito longe....

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.