quarta-feira, 26 de junho de 2013

JÁ COMECEI A PAGAR A MINHA PENA NESSA VIDA PEQUENA

Estive ontem, terça-feira, dia 25, me apresentando à diretora Keila do Nascimento da Silva, diretora da EMEF DEUZUÍTA MELO DE ALBUQUERQUE, onde vou pagar a minha pena de PRESTAÇÃO DE 60 HORES DE SERVIÇOS COMUNITÁRIOS, por ter ousado fiscalizar e apontar possíveis irregularidades na execução das verbas do Fundeb. Esse é o Brasil, como diz sempre um anônimo nesse blog "Terra de muros baixos", ainda não apreendi bem o sentido dessa frase, mas a acho de uma imagética interessante, sempre imagino saqueadores árabes, não sei porque, talvez por conta do Ali Babá, pulando os muros de uma cidade e levando o que querem. Talvez essa analogia sirva para demonstrar o que aconteceu na execução das verbas da educação durante a administração Maurino Magalhães. 

POSTAGENS RELACIONADAS A ESSA
LIMPANDO A M.. MAIS UMA VEZ

Reações:

2 comentários:

  1. Infelizmente caro colega na ¨Terra de muros baixos¨a lei não funciona para ladrão de colarinho branco. Marabá virou uma pizzaria.

    ResponderExcluir
  2. Certa vez um ceguinho andava meio mau barriga então aperreado perguntou a um coroinha onde tinha um banheiro , o coroinha resolveu "zoar " o ceguinho dizendo que a igreja estava fechada e a paroquia também mas que ele poderia ir atrás do muro e fazer sua necessidade no entanto não tinha muro era só uma grade, por isso todos que passavam falavam olha lá o ceguinho cag...., ai ceguinho falou oh terra de muro de baixo.

    Quem contou essa foi o Ademir Brás.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.