terça-feira, 7 de maio de 2013

REUNIÃO COM A EDUCAÇÃO FICA PARA AMANHÃ

Como resultado do movimento que aconteceu hoje (07/05) em frente à Semad, na qual compareceram mais de 200 servidores, os agentes de portaria e demais servidores que tiveram suas horas-extras cortadas em 50%, tem agora a promessa do governo de que no máximo até quarta-feira próxima receberão o que lhes foi cortado em folha suplementar. Segundo a fala do prefeito, em reunião  da mesa que aconteceu às 18 horas, no audirório da prefeitura, isso aconteceu por "falta de organização da administração, mas que alguma coisa está errada com as horas-extras, pois a folha pulou de 300 mil para 730 mil reais".
O prefeito propos fazer reunião em separado com os três sindicatos: Sintepp, Sintesp e Servimar. A reunião com o Sintepp para tratar dos pontos especificos da educação, acontecerá amanhã, dia 08/05 no período das 09 às 11 horas. 
O Sintepp, aproveitando a presença do secretário de educação, deu o recado "não tem como se fazer avanços na educação se o secretário de educação não quer que isso ocorra, ou não tem competência para fazer isso acontecer". Esse foi um dos grandes problemas desse governo, nomear para assumir a principal pasta do município uma pessoa que não entende do assunto. 

Reações:

10 comentários:

  1. esse prefeito é todo atrapalhado fala demais até mal dele mesmo. esculta o q to falando o JS ta nem ai para servidor especialmente da educação.

    ResponderExcluir
  2. Parabens Sintep pela continuação da luta em defesa dos trabalhadores da educação ,e o que acontece na politica do toma-la da-cá colocam um sujeito como Bresan o coveiro de ONGs, incompetente e neofito da nisso perdido igual cego em tiroteio Ednaldo Folha 16

    ResponderExcluir
  3. O sintepp mandou bem com o secretário de educação. Não dá para colocar compadres para gerir uma pasta tão importante. Educação é a base do desenvolvimento de qualquer País, desde sempre.

    ResponderExcluir
  4. Aurismar, dá uma olhada nessa notícia. http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/05/08/em-7-estados-mais-da-metade-dos-contratos-de-professores-sao-temporarios.htm

    ResponderExcluir
  5. Desde ontem estao chegando nas Escolas Memorando convocando os servidores para comparecer no DRH para comunicar que apartir daquele momento o bendito servidor irá perder seu cargo e seja lotado em sala de aula.
    Nem deixando espaço para o mesmo questionar porque a diretor do Recursos Humanos esclareceu que já foi aprovado o a Portaria e que os memorandos destinado a todos os professores em estágio probatorio que se encontram na Coordenação,
    Orientação, Sala de Leitura e Sala de Informática já estão assinados.
    Uma grande decepção principalmente que o discurso era que não iria ter perseguição e ia acontecer a mudança, desde quando o Profissional trabalha para beneficiar o governo ou para ele e a transformação deve ser pra melhor e não para pior.
    Porque os servidores em estágio probatorio estão sofrendo tamanha perseguição?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho isso uma arbitrariedade, ficar tirando as pessoas onde já estão lotadas com sua vida organizada. Porque não fizeram isso logo no inicio do ano na lotação? è muito complicado já quase no termino do semestre fazerem isso com o servidor. Aurismar precisamos da ajuda do sintepp, que é o nosso órgão de representação, porque isso que estão fazendo é de um desrespeito absurdo. Tirar os prof do laboratorio e de outros espaços só pq estão no estagio probatório. Olha, tem um grupo de professores fazendo um levantamento de nome a nome de professores que estão no estagio probatório e que estão lotados em vários espaços principalmente na SEMED E no gabinete do Bressam, (sabemos nome e sobrenome, temos o edital de convocação e o espaço onde esses professores estão lotados (Gabinete do Bressan, Diretoria Rural, DTE, Fundescola, DPEP, ETC.). Então se essa Lei realmente for aplicada, vai ter que ser na integra, começando com as pessoas que estão lotadas nos gabinetes, nas assessorias e etc. porque senão vamos entrar na justiça com uma ação coletica, mandado de segurança, assédio moral, e todos os mecanismos que estiverem ao nosso favor.

      Excluir
  6. Esse Secretário tem que sair pois não tem competência para tal função!!!!

    ResponderExcluir
  7. Fora Bressan!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Aurismar estamos aguardando noticias, pois estivemos de manhã na manifestação, e como nos informado para aguardar em casa, estamos esperando. ok

    ResponderExcluir
  9. Aurismar eu concordo quando o prefeito achou um absurdo o gasto de 300 mil aumentar para mais de 700 reais com o pagamento de horas extras,realmente tem alguma coisa errada nisso,e se comprovar as fraudes no pagamento de horas extras o responsável por isso tem que ser punido,o servidor só recebe algo se for informado em sua frequência pelo RH de sua secretária,portanto fica fácil de descobrir os responsáveis por essas fraudes caso isso realmente esteja acontecendo.
    Os ag.de portaria de escolas e dos centros de saúde,esses sim,realmente fazem horas extras e tem todo direito de receber,porém tem casos em que o servidor trabalha de segunda a sexta meio periodo(6 horas),não trabalha feriado e nem final de semana mais por sererm queridinhos de alguém recebem horas extras ou GTI o que significa pagamento indevido e isso foi uma prática muito comum no governo do Maurino e que na atual gestão ainda tem alguns casos...!

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.