quarta-feira, 1 de maio de 2013

BRESSAN APRESENTA A CAIXA DE PANDORA PARA A EDUCAÇÃO

Em reunião que aconteceu ontem, 30/04, entre prefeito e secretaria de educação, Luis Regasson Bressan mostrou suas ideias para a educação. É um pacote de medidas que visam cortar gastos na folha da educação. Segundo ele informou, o objetivo é fazer uma redução na ordem de 1 milhão de reais. 
Vejam as ideias pontuadas na reunião pelo secretário:
  • Suspender por 2 anos a liberação de licença prêmio e liberação para estudo de mestrado;
  • suspender férias no mês de julho para o pessoal de apoio;
  • lotar em sala de aula todo professor que estiver em estágio probatório;
  • fazer cedência de servidor apenas sem ônus para secretaria;
  • diminuir em 30% o pessoal lotado na sede da Semed;
  • Rever a lotação do pessoal dos espaços pedagógicos reduzindo para 100 horas;
  • adequação do quadro de merendeiras;
  • recadastramento geral do pessoal no mês de maio;
  • realizar concurso específico para a educação do campo;
  • auditoria na folha do DRH/SEMAD;
  • reduzir o quadro de professores lotados nos espaços pedagógicos;
  • reduzir o quadro de professores de formação;
  • suspender o processo de eleição para diretor; (Nesse ponto saíram faíscas no caloroso debate com a vereadora Toinnha do PT).
  • não conceder a gratificação para coordenador e orientador (mesmo mantendo os cortes nas gratificações de diretores).
O interessante é que reduzir o salario dos secretários, ideia inicial do governo, foi esquecida. E mais uma vez quem vai pagar o pato somos nós, os servidores. Destaquei em negrito as medidas com as quais concordo. 

Reações:

37 comentários:

  1. Aurismar como anda os gastos com pessoal docente ? Ultrapassam os 60% constitucional ? E vem cá estão cedendo gente da educação e pagando com recurso do FUNDEB? Já falei uma vez mas vou falar de novo já que o governo é outro as licenças saúde que geralmente caem na conta do FUNDEB estão sendo abatidas da contribuição do IPASEMAR?

    ResponderExcluir
  2. De acordo com os pontos em negrito, colocaria também, estes:
    * fazer cedência de servidor apenas
    sem ônus para secretaria;

    * reduzir o quadro de professores de
    formação;

    O resto, creio que será usado apenas como barganha, sem possibilidades de serem aprovados.

    ResponderExcluir
  3. Não estou conseguindo postar comentários com a minha conta google, somente anônimo.

    Prof. Elton Peixoto

    ResponderExcluir
  4. Companheiros (as) será que tirando todos esses direitos conquistos ao longo do tempo pela classe trará melhorias para a educaçã? Está na hora do prefeito começar a reduzir também as regalias do legislativa, executivo, secretáriado e dos coordenadores da educação (cargo de confiança que segundo nosso gestor só aceita a função se quizer) que alguns acredito eu que não contribuem muito para a construção de uma sociedade Melhor! EDUCADORA EM BUSCA DE UMA EDUCAÇÃO MELHOR. Companheiros (as) Pedagógos (as) abram o olho para a proposta de dar direitos a todo docente após o período probatório a concorrer a gestão, lembrem que se fazermos uma pós na área de letras, história e outras não nos dar direito de atuar na área específica. Estão desvalorizando a formação do Pedagogo.SINTEP fica de olho se não vocês vão fazer os pedagógos se desfiliarem do sindicado.

    ResponderExcluir
  5. É companheiro, as macelas do governo realmente só troca de partido, tudo continua, e só quem paga por isso são os servidores, principalmente os "humilhados" professores. Espero que o sindicato seja firme e não aceita essas colocações, principalmente de suspender licença para estudo e prêmio. Um absurdo a proprosta desse ridiculo secretario. E como vc falou, esqueceu-se sobre os salarios dos secretariados e do proprio prefeito, isso ninguém comenta, se bem que jamais irão diminuir, ao contrario irão é aumentar, nas costas da educação.

    ResponderExcluir
  6. o q é o espaço pedagógico?

    ResponderExcluir
  7. Parei aqui ----> suspender o processo de
    eleição para diretor; (Nesse
    ponto saíram faíscas no
    caloroso debate com a
    vereadora Toinnha do PT).

    ResponderExcluir
  8. caro aurismar vem perguntar a voce se essas sao proposta ou e o que ele ja pretende por em pratica? como ficara a situacao? to vendo que se isso acontecer nos estaremos regredindo e nao avancando

    ResponderExcluir
  9. Pelo Amor de Deus..... Como diria Maurino Magalhães : "Dá vontade é de sorrir"

    kkkkkkkkkkkk....

    Suspender por 2 anos a liberação de licença prêmio e liberação para estudo de mestrado; ( DIREITO ADQUIRIDO,O CARA DE LICENÇA OU NÃO ELE VAI RECEBER DO MESMO JEITO)
    UMA IDEIA NOVA ENTÃO: SUSPENDE A LICENÇA MATERNIDADE.... KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    suspender férias no mês de julho para o pessoal de apoio( O PESSOAL DE APOIO VAI FICAR O MÊS DE JULHO OLHANDO PRAS PAREDES? E ONDE ISSO VAI DIMINUIR NESSA ECONOMIA?? nUM ENTENDI... )

    diminuir em 30% o pessoal lotado na sede da Semed;( FORAM ELES MESMO QUE LOTARAM A SEMED, EM DEPARTAMENTO QUE TINHAM 06 SERVIDORES HOJE TEM 30 SERVIDORES...( risos) OOOooooOOOO....

    eSSA PAUTA É UMA PIADA...

    ResponderExcluir
  10. CONTINUANDO..... ( 2 PARTE ME DÁ VONTADE É DE SORRIR... )
    Hehehehehe...
    lotar em sala de aula todo professor que estiver em estágio probatório;( vai uma boa parte do povo deles APOIADO)

    suspender o processo de eleição para diretor; (Nesse ponto saíram faíscas no caloroso debate com a vereadora Toinnha do PT).
    OHhhhhhh..... E ESSA IDEIA DE JERICO NÃO FORAM DELES???? não dá pra entender.. ).

    não conceder a gratificação para coordenador e orientador (mesmo mantendo os cortes nas gratificações de diretores).
    FALTA DE RESPEITO COM A CLASSE DOS PROFESSORES....

    ME POUPE DESSA VERGONHA!!!! E POR FAVOR COMEÇE A FAZER O QUE É PRA SER FEITO PK AS ESCOLAS TÁ SEM MERENDA ( QUANDO TEM É BISCOITO) .. QUANDO DANIFICA ALGUMA COISA É UM FISCAL EM CIMA DE FISCAL E O SERVIÇO FICA SEM FAZER... É OTEMPO TODO É O MESMO PAPO...

    ResponderExcluir
  11. Que hora foi essa reunião? Na câmara não foi porque lá o prefeito nem deixou o secretario falar direito.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Prof. Leiamaio 02, 2013


    Não concordo com quase nenhuma dessas propostas. Suspender por 2 anos a liberação de licença prêmio e liberação para estudo de mestrado é um direito que temos, e seria não só um retrocesso, mas uma grande brecha para que outros direitos comecem a ser negados.
    2.lotar em sala de aula todo professor que estiver em estágio probatório; E os que já estão lotados nos laboratórios e salas de leitura? Será que ele compreende que esses espaços também são salas de aula? Porque na fala do prefeito João salame na assembleia, percebi que ele não compreende esses espaços como espaços de aprendizagem dos alunos.
    3.diminuir em 30% o pessoal lotado na sede da Semed; Com essa eu também concordo).
    4.Rever a lotação do pessoal dos espaços pedagógicos reduzindo para 100 horas; (Como assim? O que na opinião dele dele configura esses espaços pedagógicos?)
    5. adequação do quadro de merendeiras;(Concordo, desde que faça uma análise in locu, pois cada escola possui uma complexidade;
    6.auditoria na folha do DRH/SEMAD;(Já deveria ter acontecido há muito tempo);
    7. Reduzir o quadro de professores lotados nos espaços pedagógicos;

    8.suspender o processo de eleição para diretor; (Nesse ponto saíram faíscas no caloroso debate com a vereadora Toinnha do PT). Ele tá ficando doido é? Como ele tem coragem de fazer uma proposta rídícula dessa?
    9. Não conceder a gratificação para coordenador e orientador (mesmo mantendo os cortes nas gratificações de diretores). Isso tudo é ridículo, porque eles não acatam as sugestões da Prof. Cristina e da prof. Joilda? Na verdade esse é um governo que se reveste de um discurso democrático, mas não passa de ditadores autoritários...

    ResponderExcluir
  14. Parece q o joão salame não quer se reeleger.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reelege sim, o povo esquece rápido. Para quem não sabe ou já esqueceu, ou finge nada saber, quando ele foi secretário no governo de Haroldo Bezerra, aconteceu uma greve, o resultado final é que muita gente foi demitido por causa da greve. Qual é o discurso dele quando fala em tirar as horas extras? Quem não estiver satisfeito que peça pra sair. Foi um grande tapa na cara de muita gente nessa cidade.

      Excluir
    2. Concordo ja esqueceu que a Educação fez a diferença nas urnas.

      Excluir
  15. Essas propostas são vergonhosas vindas de um prefeito e de alguns vereadores q ajudamos a eleger. Toma! Bem na nossa cara!

    ResponderExcluir
  16. que vergonha, joão, querendo tirar direitos dos servidores.

    ResponderExcluir
  17. Professora Meiremaio 02, 2013

    Também gostaria que fosse esclarecido essa questão de "Rever a lotação do pessoal dos espaços pedagógicos reduzindo para 100 horas; e reduzir o quadro de professores lotados nos espaços pedagógicos; não compreendi. Esses casos referem-se aos professores das salas de leitura e dos laboratorios de informática? Quer dizer que se um servidor é lotado nesses espaços com 200 horas, eles vão ter sua carga horária reduzida para 100 horas? E as outras 100? Essa pessoa vai pra sala de aula enquanto outra pessoa assumirá as outras 100 horas? Ou o espaço vai atender somente um periodo para a chamada contenção de gastos? Aurismar, isso tudo foi na ultima fala do Bressam, depois que o João Salame foi embora? Porque eu fiquei lá até 9 da noite e não ouvi essas asneiras.Nos explique outra coisa Aurismar: Essa proposta dele é para ser apreciada pela camara, pela mesa de negociação ou já foi colocado como algo imposto? Obrigada pelos esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  18. Essa reunião aconteceu no gabinete do prefeito antes do prefeito ir para a câmara.

    ResponderExcluir
  19. Prof> Marcelomaio 02, 2013

    estão fazendo Perseguição aos professores que estão no estágio probatório simplesmente porque a grande maioria não são de Marabá, agora temos culpa se os professores daqui n conseguiram passar no concurso?? é uma vergonha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gildeci Santosmaio 03, 2013

      Engano seu professor Marcelo, tem muita gente daqui de Marabá que conseguiu passar nesse concurso, inclusive nos primeiros lugares como foi o meu caso que fiquei em segundo lugar no concurso de Pedagogia. E quem ficou em primeio, terceiro e etc. Também são daqui. E pra sua informação nasci e fui criada aqui em Marabá. Aliás essa sua visão é extremamente preconceituosa e arrogante, de acreditar que no interior (como vcs chamam), as pessoas não estudam. Acredito que a forma como as coisas estão sendo conduzidas pelo governo, estão refletindo em todos os profissionais que estão no estagio probatório, independente de ser da Capital ou do interior. Professora Gildeci Santos

      Excluir
  20. Tudo isso que está acontecendo não é novidade,já esperava,só que pensei que não fosse tão rápido,tomara que o prefeito não seja burro e deixe o PT com seus discursos teóricos prejudique a classe que realmente trabalha que é o pessoal lotados nas escola.Cuidado João.

    ResponderExcluir
  21. Um absurdo essas atitudes do secretário e apoiado pelo prefeito. Onde já se viu reduzir os proventos de quem está trabalhando é o fim do mundo. Se não sabe foi conquista de anos , uma escola é conduzida por uma equipe e o diretor coordenadores são a gestão juntamente com os demais. Parem reflitam, estamos no séc.21, país democrático, mexam na derrama que está esta política isso sim. Abaixo a ditadura.

    ResponderExcluir
  22. Caro prof, Aurismar essa redução no quadro de professores da Semed, como será feita porque eles é que lotaram mais pessoas nos departamentos, refiro-me a biblioteca do Professor, que sem nenhuma necessidade, contrataram uma professora para assumir a coordenação, desconsiderando toda essas situação financeira na educação. Isto não é um absurdo.

    ResponderExcluir
  23. Prof. Esperançamaio 02, 2013

    Caros companheiros o que vou expor aqui talvez não seja novidade para algumas pessoas mas lá vai! O J.S não tem planos de terminar esse mandato, na realidade já esta sendo articulado por traz dos bastidores a eleição do J.S para Brasília, ele irá deixar o PT no governo de Marabá, em troca articularar sua condidatura, e tendo a certeza de que polpudas verbas e influências irão garantir sua eleição para Brasília, sairá a L'Francesa do cenário Marabaense É só esperar e comprovar.

    ResponderExcluir
  24. So tenho a lamentar pela maioria das hipotese/ decisões autoritários acima citadas. Caro Aurismar sempre admirei suas postagens mas essa foi a primeira que me desapontou em ver sua fala afirmando que concorda em lotar todos os professorea em estagio probatorio em sala de aula, gostaria de saber se:
    Para você os professores lotados na Sala de Informática e na Sala de Leitura não fazem extensão com a Sala de aula? lembrando que esses profissionais realizam atendimento aos alunos sendo um espaço de aprendizagem.

    Rever a lotação dos espaços pedagógicos reduzindo para 100horas e de reduzir o quadro de professores nos espaços escolares. O que você quer dizer com espaço pedagógico?
    Esses professores que irão perder suas carga horárias irão para aonde?
    E os salários dos Secretários dos cargos Comissionados não vai reduzir em nada?
    Quando o atual prefeito deu sua palavra que iria se comprometer com o Pccr pensei que era para haver progressos e melhoras e não que iria chegar a este ponto de perdas e reduções.
    Porque esses pontos não foram discutidos na Câmara aonde estavam todos presentes?
    Essas medidas já foram decididas entre vocês em portas fechadas e nos temos apenas que acatar?
    Fico imaginando como ira acontecer esse processo totalmente autoritário. Um dia estaremos em nosso trabalho alho e chega uma equipe da Semed comunicado que aparir daqule momento o profissional deve ser lotado em outro local sabe Deus aonde ou entao que ira peder sua carga 100 horas de sua carga horaria
    só porque tem que acatar a ordem do autoritarismo sendo tirado até sua liberdade de expressão ou pior perder sua vaga para seder o espaço para os filiados/apadrinhados do PT ou de vereadores como dividas de politica.Quem votou nesse governo querendo mudanças positivas sem precisar ficar pedindo favores em troca de voto não tem vez?
    Se todo Prefeito que não cumprir com seus compromissos prometido em campanha vim a penalizar a população principalmente a Educação ao invés de se ter uma educação de qualidade vamos ter profissionais desmotivados desvalorizados. Que o Prefeito anterior e qualque outro que nao realizar o que prometeu e deixar a prefeitura em estado de crise que assuma as consequencias de seus atos, a justiça serve para isso. O que aconteceu com o Prefeito anterior?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camarada, como você afirma ler sempre minhas postagens, há de lembrar que sempre defendi que sala de aula não é apenas aquelas que tradicionalmente a consideramos, inclusive é algo que defendo que o professor de laboratório e sala de leitura tenha os mesmos direitos do professor regente de sala tradicional. Acontece que há muitos professores que estão no estágio probatório e não estão em nenhum espaço desses, mas lotados na semed, ou como assessor de algum vereador. Isso não pode, sou contra.

      Excluir
    2. Ah! agora eu entendi sua colocação, que essa redução de carga horaria, nao se estende aos laboratorios e salas de leitura. mas de qualquer forma é bom vc esclarecer, porque quando se trata de espaço pedagógico, isso nção estava claro nao. Mas valeu Aurismar.

      Excluir
    3. Fico grato com seu esclarecimento ppis imaginei que o companheiro estava se contradizenfo em suas postagens.
      Bom saber que sinda continuamos com seu apoio.

      Excluir
  25. Eu estava acreditando nesse governo mas depois dessas. Que Deus nos ajude. Se for preciso grevar faremos a greve.

    ResponderExcluir
  26. Absurdo essas propostas impostas!
    Quem faz parte do espaço pedagógico?
    Por acaso e o diretor,coordenador,vice diretor, orientador, professor da sala de informática e sala de leitura?
    Esses profissionais que irão perder suas carga horária?
    E pra onde eles vão?
    Quem ficara com as 100h deles? Será que vai ser algum indicado do PT? Contratado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Alicemaio 03, 2013

      Oi Aurismar, boa tarde.Gostaria de sugerir que você fizesse uma postagem exclusivamente para esclarecer a questão do espaço pedagógico e da redução da carga horaria do professor que está lotado nesses espaços. Porque apesar de sabermos o que configura esses espaços, há muitas duvidas nos seus leitores,e até do proprrio governo, e o que se percebe nos comentários e na lacuna evidenciada no texto. Porque espaço pedagógico é todo espaço relacionado ao ensino e a aprendizagem. Mas é preciso esclarecer de forma objetiva o que está sendo compreendido não por você, porque já entendemos a sua compreensão, mas na compreensão do governo, o que configura esses espaços. Que criterios serão estabelecidos nessa redução?? Onde exatamente ele pretende reduzir? Acho que em função de tantas dúvidas, seria interessante uma postagem só para esclarecer essas questões. Valeu Aurismar. Sou grande admiradora do seu trabalho, por isso tenho por vc grande admiração e credibilidade.

      Excluir
    2. Sou de acordo com uma postagem so para esclarecer quem faz parte do espaco pedagogico e quais profissionais o PT quer reduzit a cargs horaria.

      Excluir
  27. Bateu uma curiosidade e fui lá conferir os repasses para Marabá
    de 01/01/2013 a 28/02/ 2013 FORAM REPASSADOS R$ 17.112.080,26 E DE 01/03/2013 A 30/04/2013 FORAM REPASSADOS R$ 23.155.178,52 .
    Uma média de 10 milhões de reais mensais. Segundo o blog do Hiroshi a folha da Educação está em torno de 7,2 milhões(o que eu acho muito mas ainda pretendo fazer um estudo mais profundo sobre isso, assim que eu melhorar um pouco do meu atual estado de saúde) então ainda restam quase 3 milhões para investimento. O que estão fazendo com essa grana?

    ResponderExcluir
  28. Esse discursso que paresse que nunca vai acabar do Prefeito da politica de contenção de gasto, com tantos cortes que está acontecendo até o final do mandato ou antes disso pelo caminhar dos últimos acontecimentos a Prefeitura deixara de ser falida e quem ficará vai ser eu e todos os servidores públicos, pois os cortes e reduções estão sendo ba Educação, na Saúde e demais Secretárias.
    Uma palhaçada....

    ResponderExcluir
  29. Não é preciso ser político para saber que essas medidas imposta pelo Bressan não passa de uma jogada política aonde 'eles" querem tirar os servidores de seus devidos lugares para colocar os petistas e filiados.
    Afinal se os servidores perderem 100h e reduzirem a carga horaria dos professores quem ira ficar com os cargos e horas dos profissionais?
    Isso seria uma alternativa muito viavel para eles mas para quem ira perder seus cargos e horas nao tem nenhuma graça essas imposições.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.