quarta-feira, 6 de março de 2013

SINTEPP CONSEGUE MANTER DIREITO DOS TRABALHADORES E GARANTIR PROCESSO ELEITORAL PARA DIRETOR

Em mais uma rodada de negociação entre o Sintepp, a Secretaria de Educação e o governo, que aconteceu ontem, das 19 às 22 horas, no auditório do gabinete da prefeitura, conseguimos não só garantir que aconteça as eleições para diretor de escola ainda nesse semestre, como também reverter algumas situações, que ao nosso ver, seria um retrocesso ao nosso Plano de Carreira.


PROCESSO ELEITORAL SIMPLIFICADO

Com relação às eleições ficou acordado que acontecerá um Processo Eleitoral Simplificado no mês de maio. Isso porque a secretaria de educação precisa lotar primeiro todos os novos concursados que foram chamados do último concurso. Nesse processo, que será regido por decreto do prefeito que já está sendo elaborado, somente poderão votar os servidores da escola, podendo o atual diretor concorrer. A eleição acontecerá em todas as escolas da ZONA URBANA e nas escolas de ZONA RURAL que já tenha diretor. Essa eleição valerá até que seja feito o processo definitivo, o qual acontecerá após um longo debate e formação com a categoria e comunidade. O Processo Eleitoral Simplificado seguirá o seguinte cronograma:

  • De 6 a 10 de maio de 2013: a escola se organizará, conforme orientação do decreto a ser publicado, para realizar a eleição.
  • 15/05: dia D das eleições nas escolas. 
MUDANÇAS NO PCCR


Com relação às mudanças que estavam previstas para acontecerem no PCCR que enquadrariam diretores, vice-diretores, coordenadores e supervisores, através da intervenção do sindicato e da pressão da galera o governo recuou em alguns pontos ficando acordado o seguinte:

  • Mantem-se os vice-diretores nas escolas de médio e grande porte (são consideradas escolas de médio porte aquelas que tem de 501 a 1.000 alunos, acima disso, são as escolas de grande porte) com uma gratificação de 20%;
  • Os cargos de coordenador e orientador pedagógico permanecem com essa nomeclatura e passa a ter uma gratificação de 15%;
  • A gratificação de direção será escalonada conforme o porte da escola: 20% para pequeno porte, 25% para médio porte e 35% para grande porte. 

MESTRADO E DOUTORADO
Os camaradas que estão cursando o mestrado e que já são mestre e pensam em fazer o doutorado podem voltar a dormir tranquilos, o Sintepp conseguiu fazer o gestor municipal entender que o professor precisa ser valorizado e que essas gratificações que hoje nosso Plano de Carreira garante a quem se dispões a estudar, longe de ser um problema para o município, é, antes de qualquer coisa, um incentivo a melhoria na qualidade de ensino de nossa cidade, uma vez que nosso PCCR, modelo que é para todo o Estado, atrai para cá, pessoas qualificadas das mais diversas regiões do país. Mexer nesse ponto seria um retrocesso às conquistas que tivemos a custa de muitos embates. Portanto, esse projeto do executivo que visava diminuir as gratificações de mestre e doutor não mais será enviado à Câmara Municipal.

Reações:

22 comentários:

  1. AURISMAR esclareça para a categoria quantos alunos são para a escola de pequeno, médio e grande porte. blz.

    ResponderExcluir
  2. Gloria a Deus...assim mantenho a ideia de fazer mestrado e ter um investimento para futuros retornos... nada mais justo a classe que tanto pena para ter dignidade...

    ResponderExcluir
  3. Quer dizer que as pessoas que ainda forem fazer mestrado ou doutorado vao se enquadrar nos 100 e 150 por cento, respectivamente? Não vai mais ser de 50 e 70 por cento, é isso mesmo? Arrasou SINTEPP, é isso aí. Prof. Leia

    ResponderExcluir
  4. Prof. Antoniomarço 06, 2013

    Oi Aurismar, eu imagino que as orientações ainda vão ser disponibilizadas, mas como a ansiedade é grande, gostaria de saber o seguinte: Quem vai fazer a formação com a categoria e a comunidade? Como serão compostas as chapas? Quantos pessoas vão compor uma chapa? Vai ser diretor e vice concorrendo na mesma chapa ou não necessariamente? se o vice diretor não ganhar a eleição, vai continuar sendo vice? se o diretor da escola nao ganhar a eleição ele vai ser lotado na mesma escola como professor ou cordenador ou readaptado? tipo aqueles que já sao diretores a 20 anos? Que nem sabem mair dar aula? O que vai ser feito deles? E outra coisa: Como vai ser conduzido o processo para que nao haja perseguição posteriormente a funcionários que nao apoiaram o diretor ou diretora que não ganhar? Como serão feitas as campanhas? Como vcs vão assegurar a lisura e transparencia nesse processo. Um abraço. Prof. Antonio

    ResponderExcluir
  5. e o professor do laboratório de informática, não vai ganhar a regência??????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das mudanças pelas quais estamos lutando. Queremos que isso aconteça e estamos adicionando ao projeto de lei que altera o PCCR.

      Excluir
  6. sexta feira é ponto facultativo e os professores vão trabalhar?

    ResponderExcluir
  7. Sim, só não para os servidores da Educação uma vez que possuem calendário escolar próprio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. todos possuem calendario ....isso é horrivel discriminação e a mulher professora ´´e um monstro ....quem manda estudar

      Excluir
  8. Bom, deixa eu si entendi - gratificações dos profissionais da educação hoje: profesor regente = 15%, professor sala de apoio = 50% de 100%, (proposta: cordenador e orientador = 15%, vice-diretor = 20% e diretor escola média = 25%). Isso quer dizer que fazendo um desconto da gratificação de regencia 15%, um diretor escola média terá 10% de graticação para ser responsavel por quase 1000 alunos, mais ou menos 60 funcionarios e inumeros problemas que uma escola escola apresenta ao longo do ano. Além de gastar em torno de 40% do total de gasolina utizada no mes para ir para a SEMED. Diante disso eu pergunto: qual a motivação para assumir este cargo? E diante da realidade que se ver nas escolas onde muitos não tem responsabilidades (professores e diretores) vejo ideb cair, reprovação almentar, evasão subir, escolas com seus problemas agravados etc. Assina um Profº e Diretor Escolar indignado.

    ResponderExcluir
  9. Haverá eleições, meu companheiro, você não é obrigado a concorrer. Se o tamanho da gratificação fosse determinante para alguém querer ser diretor de escola, nas escolas do estado não haviria diretores.

    ResponderExcluir
  10. Diretor indignado volte para sala de aula, você nao é obrigado a ficar na direçao

    ResponderExcluir
  11. Este é o trabalho que reconhecemos como correto é honesto, PARABENS GALERA é só continuar e melhorar a valorizaçao do servidor.VALEU SINTEPP

    ResponderExcluir
  12. Parabéns ao SINTEP pela conquista. Fico feliz em saber que o bom senso pedagógico e o respeito a nós, professores, foram levados em consideração
    Prof. Fábio Rogério

    ResponderExcluir
  13. Na escola em que trabalho somente a diretora e a coordenadora pedagógica vão concorrer nesta eleição. Elas estão na direção da escola há muitos anos. Isso quer dizer que, com o processo eleitoral, a escola deve continuar sendo gerenciada por elas por mais alguns anos. Percebe-se que elas não admitem que haja mais algum concorrente. Por que será? Na minha opinião, a SEMED deveria indicar profissionais para concorrerem com os diretores já existentes para que as escolas não permaneçam na mesmice de sempre. Eu tenho certeza que assim tudo poderia melhorar no âmbito da educação. Muitos diretores são verdadeiros ditadores, assediam moralmente muitos dos servidores. Eu tenho sido vítima de assédio moral no meu trabalho. Além disso, existem os servidores fantasmas,e não são poucos não. Na escola onde eu trabalho existe um professor que, tão logo tomou posse no concurso municipal, conseguiu ser liberado pela diretora para poder fazer mestrado em São Paulo,há alguns meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diga o nome da escola para ser averiguada a situaçao

      Excluir
    2. Falso testemunho...diretor nenhum tem poder de liberar servidor para fazer mestrado ou se ausentar da escola sem autorização do gestor municipal.

      Excluir
  14. Fico muito feliz com mais essa conquista alcançada com o apoio e luta de vocês do SINTEP. Valeu mesmo pessoal.
    Profª Cristiane Oliveira

    ResponderExcluir
  15. Parabéns ao sintepp...fez prevalecer aquilo que a maioria queria e manteve a gratificação de mestres e doutores...a partir de agora Marabá tem tudo para ter um dos quadros de professores mais qualificados da educação básica do Pará....Quanto a gratificação dos diretores, isso está prejudicando muito a educação das escolas, pois os diretores ficam superlotando as salas de aula só para ganhar a gratificação de escola de médio e grande porte e quem sai prejudicado é o professor que não consegue dar aula e o aluno que não aprende em salas com mais de 35 alunos..

    ResponderExcluir
  16. Quem esta no periodo probatorio pode concorrer a eleicao para diretor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, só poderá concorrer o servidor concursado que já tenha cumprido o estágio probatório.

      Excluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.