sábado, 9 de março de 2013

À MINHA PRETA

Meu amor é moreno,
Não do Sol,
da raça,
Negra, raça.

Meu amor, às vezes, é brisa,
outras, tempestade.
Às vezes é riso,
Outras lágrimas.
Às vezes é confiança,
outras, ciúmes.

Meu amor, às vezes, é amor;
outras, ódio,
é querer
bem querer.

É paixão,
só tesão...
Às vezes é Fran,
Outras, Cirlene.

Meu amor é você,
FRANCIRLENE.




Reações:

Um comentário:

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.