segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

PREFEITURA DIVULGA BOLETIM INFORMATIVO ATRAVÉS DA ASCOM

Recebi em minha caixa de e-mail o boletim informativo abaixo o qual reproduzo na íntegra.  


Assessoria de Comunicação
                                                                 Boletim/2013
                                                Segunda-feira, 04 de Fevereiro de 2013

MARABÁ E OUTROS 22 MUNICÍPIOS INICIAM PACTO PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

Na manhã desta segunda-feira, 04, no auditório da Escola José Mendonça Vergolino, com presença do prefeito João Salame, representantes do Ministério da Educação (MEC) e Universidade Federal do Pará (UFPA), a Secretaria Municipal de Educação (Semed) iniciou as atividades referentes ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, uma ação do MEC, direcionada ao ensino infantil, contemplando 23 municípios do sudeste paraense.
O Pacto consiste em assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental. Esse primeiro conhecimento está voltado ao básico da língua portuguesa e matemática, com avaliações dos resultados a cada ano.
Segundo o secretário de Educação de Marabá, Luiz Bressan, a Semed tem um grande desafio pela frente, que é superar o atraso na educação infantil, numa das regiões que apresenta as menores taxas de alfabetizados na idade certa do Brasil.
Referindo-se ao discurso anterior, da coordenadora do MEC, Harineide Macedo, que afirmando que não deveria haver alfabetização de jovens e adultos, se todos fossem alfabetizados na infância, Bressan brincou com a plateia, dizendo que o novo programa vai trazer desemprego para quem alfabetiza adultos.
O prefeito João Salame, reportando-se a difícil posição da educação em Marabá, afirmou que “qualquer coisa que se faça pela educação é pouco”, lembrando o baixo desempenho de Marabá e região na avaliação do IDEB – O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.
Mesmo assim, ele disse que a região avançou depois do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), “mas ainda precisa avançar muito diante da qualidade do ensino que temos”.
Também prestigiaram a solenidade um representante da UFPA, voltado à Educação Infantil no Pará, professor Adilson Oliveira do Espírito Santo; a presidente da Câmara Municipal de Marabá, Júlia Rosa (PDT); e a também vereadora Antônia Carvalho, a Toinha do PT.

SICOM E ACIM REALIZAM “ENCONTRO DE NEGÓCIOS”

Com o objetivo de promover a interação entre empreendedores, a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Mineração, Ciências e Tecnologia (Sicom), juntamente com a Associação Comercial e Industrial de Marabá (Acim), promove o evento “Encontro de Negócios”, que visa identificar soluções e para a promoção de parcerias, propiciando o desenvolvimento econômico e sustentável.
Sicom e Acim querem, com o encontro, ter uma noção das prospecções de negócios que darão uma nova expectativa aos projetos em instalação no município. O evento acontece nesta terça-feira, dia 5, no auditório do Itacaiúnas Hotel, a partir das 7:30h.

Programação
07h30- Recepção e credenciamento dos convidados
08h00- Palavra do prefeito João Salame
08h10- Palavra do deputado federal Asdrúbal Bentes
08h20- Palavra do presidente da Acim, Ítalo Ipojucan
08h50- Palavra do presidente da Câmara do Comércio Brasil/Índia, Roberto Paranhos
09h00- Apresentação da Deloitte/Urban System – Projeto Cidade – Abordagem pela Modernização da infraestrutura
09h30- Espaço livre para apresentação de investidores
10h30- Espaço para prefeitos
12h00 – Almoço
14h00- Rodada de negócios
16h00- Encerramento


PREFEITURA VAI CONSTRUIR TRÊS NOVOS NÚCLEOS INFANTIS

Durante solenidade de abertura do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa, na manhã desta segunda-feira (04), no auditório da Escola José Mendonça Vergolino, o prefeito João Salame disse que a prefeitura irá construir três grandes núcleos de educação infantil, para melhorar a oferta de vagas nessa área.
O gestor municipal justificou sua pretensão, lembrando palavras de Aloizio Mercadante, ministro da Educação, em recente encontro na capital federal, quando disse que o estudante que não passa por um núcleo infantil aprende somente um terço das palavras de outros que começam por esses estabelecimentos escolares.
Segundo Salame, a educação básica poderá ter um grande salto de qualidade se for aprovado projeto de lei, de iniciativa da presidenta Dilma Rousseff. Ela recomenda que 100% dos recursos dos royalties do petróleo sejam aplicados na educação.
O prefeito disse também à representante do MEC, Harineide Macedo, presente à solenidade do Pacto pela Alfabetização, mesmo lembrando que ela poderia não ter condições de levar sua mensagem à alta cúpula do Ministério, que em se tratando de recursos, “regiões desiguais tem de ser tratadas de modo desigual”, exemplificando que aqui tem que receber proporcionalmente mais recurso do que São Paulo, para um dia chegar ao mesmo patamar de desenvolvimento.

SEMMA VOLTA AO CONTROLE DA POLUIÇÃO SONORA

No último fim de semana, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (semma) retomou de forma intensiva a fiscalizar da poluição sonora na cidade. Casas noturnas e veículos foram fiscalizados e medidos os níveis de som.
No pátio da Semma três veículos ainda aguardavam seus proprietários na manhã desta segunda-feira, 04 de fevereiro. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Carlos Brito, um quarto carro também foi apreendido.
Carlos Brito informa que a multa mínima para poluição sonora é de R$ 5 mil. Mas pode haver atenuantes. O Caso mais complexo entre os veículos que estão apreendidos é de um jovem que se evadiu no percurso entre Morada Nova e a Semma (Núcleo Cidade Nova), o qual foi recapturado pela Polícia Militar.
Um dos proprietários alegou que usa o veículo para promover festas. No entanto, não tem licença para esse fim e, nem o dono do evento, para quem executava a sonorização, tinha licença ambiental para tal.
O jovem alegou desconhecimento dessas obrigações e foi orientado a fazer o licenciamento ambiental de seu veículo e depois aferir o volume de som (em decibéis) que pode usar em vias públicas. Eventos festivos em via pública também devem ter licença da Semma, Polícia Civil, DMTU e Postura.
Enquanto todos os veículos executavam sonorização acima de 100 decibéis, as casas noturnas fiscalizadas no sábado (02), apresentaram níveis toleráveis de som e também estavam devidamente licenciadas.

OPERAÇÃO PIRACEMA APREENDE MAIS DE UM QUILÔMETRO DE REDES

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) prossegue com ações de fiscalização do defeso da piracema, agora estendido ao Rio Tocantins, onde neste fim de semana foi apreendido cerca de 1,2 mil metros de rede de pesca, praticamente na frente da cidade de Marabá.
Segundo o titular da Semma, Carlos Brito, o material será medido na presença de um representante do Ministério Público do Estado e, em seguida, incinerado.

PREFEITURA FIRMA PARCERIAS PARA URBANIZAÇÃO DE CAMPOS DE FUTEBOL

Iniciando o projeto do Governo Municipal de urbanizar pelo menos dois campos de futebol por ano, a Secretaria Municipal de Esporte Lazer (Semel) fechou parceria com Associação de Moradores de Brejo do Meio, na área rural de Marabá, e o supermercado Frizeirão, para construção de vestuário do campo da vila. Também foi firmada parceria com a Associação dos Desportistas da Folha 33, Nova Marabá, para melhorar a estrutura, com a construção de vestiário, do campo “Xaxuricão”.
O projeto dos vestiários é feito por engenheiros da prefeitura. Já está em obra o campo da Vila de Murumuru. A Semel também está fazendo a recuperação do gramado do Estádio Zinho Oliveira.
Ginástica – Outro projeto em andamento da Semel é o Ginástica para Mulheres, que vem sendo realizado no Ginásio Renato Veloso, na Folha 16, Nova Marabá. Já fizeram renovação de matrículas 110 mulheres. A meta é matricular 200.
Também é meta da secretaria estender o projeto para Morada Nova, São Félix, Independência, Cidade Nova, Marabá Pioneira e vilas Brejo do Meio, Santa Fé, Capistrano de Abreu e União, atendo a 1.500 mulheres.

Reações:

2 comentários:

  1. Gostei muito de saber da construção de novos nucleos de educação infantil, espero que seja um na nova maraba, um na velha e outro na cidade nova.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que na Velha Marabá o prefeito deveria utilizar o espaço da Escola Magalhães Barata e dar uma repaginada para transformá-la em nucleo de educação infantil teríamos mais ganhos,pois essa escola sempre inicia com um número x de alunos e termina com uma minoria.Dessa forma abrigaria os alunos da Escola Eduardo Bezerra que ao meu ver paga-se aluguel sem necessidade.Vamos olhar isso pessoal da SEMED.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.