quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

RODADA DE NEGOCIAÇÃO HOJE ENTRE PREFEITO, SEMED E SINTEPP - MUDANÇAS RADICAIS NA EDUCAÇÃO

Floripes e Salame - a ordem é vencer as diferenças
 para fazer  o projeto de governo funcionar.

Em nova rodada de negociação entre o governo municipal e representantes das categorias de servidores (Sintepp, Sintesp e Servimar) ficou acordado o seguinte para esse ano:

  1. VALE ALIMENTAÇÃO: só terá direito a esse benefício o servidor concursado, exceto o gari. Pessoal contratado ou nomeado em cargo gratificado por portaria, não recebe. A partir do próximo mês, o vale-alimentação virá acrescido de um valor em torno de R$    42,00, correspondente ao parcelamento dos 6 meses que ficam do ano de 2012 (essa dívida será paga em 24 vezes).
  2. LOTAÇÃO: o professor regente poderá ter carga-horária suplementar de até 80 horas aula, ficando com no máximo 280 horas nos três turnos (só para o professor do ensino fundamental maior que tiver vínculo apenas com o município);
  3. CARGA HORÁRIA POR DISCIPLINA: fica alterada a carga horária das disciplinas de inglês nas turmas de 5ª e 6ª séries que era de 15 horas mensais, reduz-se para 10 horas (só ai haverá uma economia de mais de 50 mil reais mês);
  4. MUDANÇA NA GRADE CURRICULAR: Fica extinta a disciplina de Estudos Amazônicos, devendo haver adequação curricular das matérias de história e geografia (esse item ainda não foi fechado, pois a secretária de educação deve ver a composição curricular do município para ver se com essa alteração fica mantida a oferta dos componentes diversificados);
  5. PCCR: deve ser alterada as gratificações de mestre e doutor, hoje são de 100% para o professor mestre e 150% para o professor doutor ( para os procuradores da PROGEM esses percentuais são de 70% e 100% respectivamente), a proposta do governo em acordo com os representantes é que fique para todos os profissionais com essas qualificações 50% para o mestre e 75% para o doutor (quem já possui as atuais gratificações não perdem, é direito adquirido).
  6. DIREÇÃO DE ESCOLA: estingue-se o cargo de vice-diretor (que hoje recebe 40% de gratificação) e cria-se os cargos de diretor pedagógico (o atual coordenador pedagógico) e diretor educacional  (o atual orientador pedagógico) e diretor administrativo, esses dois cargos terão portarias e deverão assinar documentos na ausência do diretor administrativo.
  7. GRATIFICAÇÕES: o diretor administrativo (o atual diretor  que hoje recebe até 60% de gratificação) será escolhido pelo processo eleitoral (a ser regulamentado em um mês por uma equipe instituída pelo gestor municipal), gratificação 20%; o diretor pedagógico terá gratificação de 15%, o diretor educacional terá gratificação de 15%. 
  8. COMISSÃO: Hoje, quem participa de qualquer comissão ganha 100% em cima do salário base, com a mudança essa gratificação fica de 60% até 100%.
  9. HORA-AULA: A hora-aula municipal voltará a ser de 45 minutos como era antes e não de 50 minutos como atualmente funciona.
  10. TURNOS: os turnos de aula do fundamental deverão ser de 4 horas, ficando assim decidido: manhã, das 8 às 12 horas; tarde, das 14 às 18 horas.
Todas essas mudanças visam enxugar a folha, são medidas emergenciais que serão revistas assim que o município restituir a sua saúde financeira, garante o gestor municipal. O prefeito deverá apresentar na próxima sessão da Câmara Municipal projeto de lei que regulamente essas alterações.   
O prefeito deverá realizar reunião com o secretário de saúde, Nagib Mutran Neto, e sintesp para discutirem as mudanças a serem implementadas naquela secretaria. 


Reações:

55 comentários:

  1. Um preocupação. Como ficará aula dia dos alunos de 5ª e 6ª serie??? Vai ter outra materia nas 05 horas de Inglês ou um dia da semana estas turmas terão 04 aulas... E as 800 horas como fica???

    ResponderExcluir
  2. Não muda nada com relação a isso. O município já oferece muito mais das 800 horas.

    ResponderExcluir
  3. aurismar e quanto aos professores de inglês e est amaz o quwe farão para complementar a sua carga horaria perdida e vcs do sind concordaram com a redução da gratificação para mestre e doutor

    ResponderExcluir
  4. O de inglês, é simples, aumenta as turmas. Geralmente é o mesmo professor de português. Não existe professor de Estudos Amazônicos, quem dá essas aulas são os geógrafos, historiadores ou pedagogos, não vão faltar carga-horária para esses companheiros dentro de suas formações. A proposta do governo era baixar para 30% mestre e 40% Doutor. Hoje os advogados da PROGEM ganham 70% mestre e 100% o doutor, foi muita queda de braço para chegarmos a esse percentual de consenso. Te garanto que não é aquilo que gostaríamos que fosse acontecer.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Aurismar, gostaria de saber se vai haver alguma mudança na educação infantil? também se haverá diretor educacional para este segmento. Marina.

    ResponderExcluir
  6. E o visa vale dos contrataos do ano passado como será pago??? Eles tem direito em receber.. Como vai ficar???

    ResponderExcluir
  7. Sou totalmente desacordo com a extinção da disciplina de Estudos Amazônicos.

    ResponderExcluir
  8. Marina essa é uma boa pergunta. Assim que tiver a resposta te respondo. Com relação ao anonimo que pergunta sobre o visa dos contratados, sim eles receberão parcelado como os demais.

    ResponderExcluir
  9. acredito que essas medidas são as mais sensatas possíveis, tenho certeza que os nossos camaradas tenham feito o melhor para que não viesse a prejudicar o servidor. claro, que uma meia dúzia ficará furiosa com tais medidas, mas tenho certeza que teremos um inicio de ano letivo bem mais tranquilo e equilibrado. total apoio ao SINTEPP.

    prof. Robson Cruz

    ResponderExcluir
  10. Quanto as gratificacoes dos procuradores nao podemos deixar de lembrar aurismar q eles recebem 100% de gratificacao de nivel superior e o prof nao

    ResponderExcluir
  11. Fiquei sabendo, que só receberá o visa vale quem recebe até um salirio, é isso mesmo?????

    ResponderExcluir
  12. TÍTULO V
    DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO

    CAPÍTULO II
    DA EDUCAÇÃO BÁSICA

    Seção I
    Das Disposições Gerais

    Art. 26. Os currículos do ensino fundamental e médio devem ter uma base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e da clientela.

    ResponderExcluir
  13. Afinal haverá contrato ou não???????????????

    ResponderExcluir
  14. Afinal haverá contrato ou não????????????

    ResponderExcluir
  15. Afinal haverá contrato ou não???????????????

    ResponderExcluir
  16. Vai ser priorizado o servidor concursado na lotação e suplementação de carga-horária ( o concursado poderá pegar até 280 horas) se houver necessidade será contratado. Essas medidas visam exatamente diminuir o número de contratos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o pessoal de apoio tbm vai pegar mais horas, ou só os prefessores?

      Excluir
    2. não entende quando vc falou que o contratado receberá o visa vale do ano passado parcelado, vão receber 46 reais por mês durante 24 meses.

      mesmo se no ano de 2013 não tiverem contros.

      responda por favor, obrigada.

      Excluir
    3. Carga-horária suplementar é somente para o professor de 5ª a 8ª series. Com relação ao vale alimentação é isso mesmo, Ana.

      Excluir
  17. aurismar sou prof. de ingles contratado, e pelo que sei tdos os concursados nessa area ja foram chamados, tem cmo vc me informar se para essa disciplina já vai haver contrato?
    obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O professor concursado poderá pegar até 280 horas, se sobrar carga horária, deverá haver contrato.

      Excluir
  18. aurismar sou professor concursado e tenho 200 horas se eu quiser correr atras de mais 80 eu posso? é isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. responde direito: se não for professor do estado.

      Excluir
  19. O prof. de 1 a 4 série não poderá pegar carga-horária suplementar??

    ResponderExcluir
  20. A disciplina Estudos Amazonicos é de total relevancia e importancia para nós que estamos e somos Amazonidas, pois trabalha a afirmação de nossa propria identidade, cultura, saberes, experiencias, narrativas e o desenvolvimento de nossa regiao.
    Porem, acredito que o sintepp juntamente com os professores, CME, semed devem ter outras proposta que venham acrescentar para o melhor desenvolvimento de nossa educação.

    Profª.Adriana Machado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O conteúdo não vai deixar de existir, o que haverá será uma adequação curricular para as disciplinas de história e geografia.

      Excluir
    2. São medidas paliativas que so vão atingir as escolas ,enquanto as atividades meios foram preservadas.
      Por que não diminuíram os salários dos diretores, coordenadores, assessores?

      Excluir
  21. Aurismar, qual é o valor de 80 horas no município?

    ResponderExcluir
  22. Depende muito do tempo de serviço do servidor, fica em torno de 850 reais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estou indignado com este sindicato que ta concordando com esse arrocho nunca visto na historia de maraba.

      Excluir
  23. Ola Aurismar, boa tarde. Amigo gostariA de sabehr se vai ter mudanças na regencia dos professore e se os professores de 1 a 4 podem correr atras das 80 hs. Tbem quero sabner se vai ter mudança pra quem der entrada na pos se continua os 20 % aimda. Aguardo sei comemtario. Muito bom seu blog, vc esta de parabens, pois todo dias entro para acompamhar as novidade.

    ResponderExcluir
  24. Estou em estágio probatório, aurismar, qto ficaria as 80 horas?

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde!!Pelo visto vamos ter muintas mudancas.E com relacao ao pessoal de apoio ja se sabe se havera alguma alteracao??

    ResponderExcluir
  26. Aurismar, a LDBEN preceitua a obrigatoriedade da implementação dos estudos regionais de acordo com cada região do Brasil.Como fica a lei maior da educação diante da possição da prefeitura, ninguem lembrou disso no SINTEPP?Passaram por cima da lei maior da Educação?

    ResponderExcluir
  27. Decisões sensatas e muito coerentes.

    Secretaria e Sindicato de parabéns...

    Araço

    profº Sales

    ResponderExcluir
  28. Aurismar o professor concursado que trabalha na zona urbana pode pegar carga horária na zona rural e vice versa para inteirar as 80h??????????

    ResponderExcluir
  29. Só se for feita uma permuta, isto é, trocar a carga horária com alguém da zona rural ou vise-versa.

    ResponderExcluir
  30. Mais coerente seria chamar os pedagogos concursados e acabar com contrato. Pois pelo que eu saiba ainda tem mais de 300 pedagogos pra serem chamados, e o nr. de contratados na área pedagógica seria quase o mesmo. Essa seria a coisa certa!!!

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde professor,
    diante dos pontos e contrapontos discutidos em reuniao, é oportuno falar sobre nossos oficios ameaçados de varios lados, um ponto que o sindicato juntamente com os profesosres no dialogo mais aberto seria a luta por uma gestao mais democratica, essa luta significa uma luta de afirmação da categoria frente a invasao da escola pelos governos , pelos partidos e pelas barganhas politicas. Precisamos trabalhar e lutar pelo alagarmento da gestao no sentido da inclusao da comunidade, das familias, dos professores e etc.
    Acredito que com essa concepçãoe ações coletivas a categoria e o sindicato tem a ganhar.

    ResponderExcluir
  32. AURISMAR,COMO VAI SE DAR A ELEIÇÃO PARA DIRETORES? E ESSES DIRETORES QUE ESTÃO NA DIREÇÃO, COMO FICARÃO SE TODOS SÃO CONCURSADOS?

    ResponderExcluir
  33. Vc nao respondeu se havera mudancas com relacao ao pessoal de apoio!!?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe-me passou sem ver. Não há nenhuma mudança prevista para essa categoria. Um grande abraço.

      Excluir
  34. wynklyns@yahoo.com.brjaneiro 17, 2013

    Aurismar , Parabéns pelo blog, pelo excelente trabalho prestado a todos nós, todos acreditamos que tem que ser assim, essa transparência deve continuar, e o sindicato deve ter sim esse papel, Parabéns a Tatiana, a vc e toda Equipe que o trabalho continue e que o direito e os deveres de todos que fazem a educação em Marabá seja Respeitado. Valeu Grande Abraço Camarada. Professor Wynklyns Lima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, companheiro, muito obrigado pelo reconhecimento.

      Excluir
  35. Estou gostando de ver as atitudes do Prefeito João Salame em relação aos cortes na educação. Ele não está mexendo com o grosso da categoria, mas sim com os privilégios de quem ganha mais para recuperar a saúde das contas da Semed. E o que é melhor, segundo ele, essas medidas poderão ser reavaliadas no final do ano.

    ResponderExcluir
  36. Bom dia caro companheiro, gostaria de saber se professor facilitador no laboratorio de informatica e coordenadores do programa mais educacao terao direito ha alguma gratificacao?

    Grata prof. Maria

    ResponderExcluir
  37. Amigo Aurismar, quem são mesmo os favorecidos da COMISSÃO? Será q eles são tão mais merecedores q os vice-diretores q hje com esse arrocho perdem tudo o q mais conquistaram por longas lutas.

    COMISSÃO: Hoje, quem participa de qualquer comissão ganha 100% em cima do salário base, com a mudança essa gratificação fica de 60% até 100%.

    Acredito q essas pessoas, os ditos da "COMISSÃO" são aqueles da conhecida panelinha da SEMED? ACREDITO Q DEVERIAM TRABALHAR COM MAIS SERIEDADE PARA Q POSSAMOS TER UM MUNICIPIO COM MELHOR EDUCAÇÃO.

    Acredito no teu potencial, és uma pessoa honesta, trabalhador, digna... mais lembre-se q acima de tudo és professor a bastante tempo. Quando vão lutar por melhorias significantes pela classe já tão sofrida e mal remunerada?

    Abraços

    ResponderExcluir
  38. aurismar sou coordenadora do projeto mais educação também recebo a gratificação de 15%.

    ResponderExcluir
  39. Aurismar boa tarde,em primeiro lugar quero parabenizar o sincato e nosso gestor pelo inicio que esta sendo feito,gostaria de saber se professor de educaçao infantil que esta em estagio probatorio e foi retirado de sala de aula para assumir coordenaçao no ensino fundamental do 6













    boa tarde, gostaria de parabenizar o sindicato e o novo gestor pelo inicio de trabalho,gostaria de saber sobre professor que esta em estagio probatorio de educaçao infantil e foi retirado de sala de aula para assumir coordenaçao de ensino fundamental de sexto ao nono ano esta em que artigo? realmente pode acontecer? ou estagio probatorio do municipio houve alteraçoes?obrigado.
















    ResponderExcluir
  40. boa terde,parabens ao sincato e ao gestor pelo inicio de trabalho,gostaria de saber sobre servidor que esta em estagio probatorio no cargo de professor na educaçao infantil e foi retirado da sala de aula para assumir coordenaçao pedagogica no ensino fundamental de sexto ao nono ano,isso pode? qual artigo do regime juridico? ou mudou o estagio probatorio????obrigado

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.