quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

REUNIÃO ENTRE O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E O CONSELHO DO FUNDEB


Encerrou agora há pouco uma reunião que aconteceu entre o secretário de educação, Luiz Regasson Bressan, e o Conselho do FUNDEB. A reunião aconteceu no gabinete do secretário  e teve como pauta: pagamento de dezembro da educação e os estratos das contas do FUNDEB que mostre toda a movimentação da conta até o dia 31/12/2012. O secretário iniciou a reunião e teve que sair passando a coordenação da reunião à professora Florípedes.
Durante sua fala, Bressan resaltou os problemas nos quais a secretaria está afundada. Entre eles: número de alunos superior ao número de vagas que a rede municipal pode ofertar; alugueis dos prédios onde algumas unidades de ensino funcionam atrasados; dificuldade na obtenção de dados sobre o funcionamento da secretaria com os responsáveis do governo anterior. “O problema existe, mas nós não podemos estar submersos nele, temos que encontrar a solução”, disse Bressan.
Por sua vez, a professora Florípedes ressaltou que há hoje no município uma má distribuição das vagas ofertadas pela rede. Como exemplo ela citou o caso da EMEF Artur Guerras, construída no INCRA onde a demanda já é absolvida por outras escolas daquele núcleo.
O Conselho do Fundeb, na pessoa de sua presidente, professora Cristina Arcanjo, cobrou do secretário os seguintes documentos: extratos bancários das contas do FUNDEB; folhas de pagamentos dos meses de setembro, outubro e novembro; folha de pagamento do mês de dezembro (embora não paga mas já está elaborada). Tudo isso é necessário para termos uma real situação do que aconteceu com o dinheiro do fundo. Indagado pelo professor por membro do conselho porque ainda não havia sido apresentado ao conselho o tão polêmico extrato do mês de dezembro, Luiz Bressan disse que “ainda não houve a regularização de todo o pessoal responsável por isso junto ao banco”. Alertamos que isso gera um clima de desconfiança da categoria com a atual equipe gestora, que o melhor é o caminho da transparência. Ficou agendada uma outra reunião com o secretário para sexta-feira, dia 11/01, às 15 horas no gabinete, onde ele nos garante entregar todos os extratos. “Temos maior interesse em trabalhar em parceria com os conselhos”, disse o secretário.

DILIGÊNCIA NAS ESCOLAS: na ocasião a professora Florípedes nos informou e ao mesmo tempo pediu que participássemos de uma diligência que acontecerá às escolas e setores da educação que estão em construção ou em situação de precariedade. Fará parte dessa diligência membros do Ministério Público Estadual e Federal e membros da Semed. A equipe sairá às 14:30 horas da secretaria de educação e visitará as seguintes localidades: escola do Vale do Itacaúnas, galpão onde funciona o departamento de merenda escolar, Núcleo de Educação Infantil da folha 06, EMEF Luzia Nunes (que está funcionando em um prédio da escola Batista), EMEF Mirian Moreira, EMEF Lúcia Bichara e escola do Jardim União.     

Reações:

9 comentários:

  1. Aurismar, qual será o valor do nosso piso salarial em 2013?

    ResponderExcluir
  2. Um questionamento...fiz minha pos em gestao publica, gostaria de saber se ela eh valida para minha progressao para o NII, sou professor do Municipio. Com seus conhecimentos, me tire essa duvida, agradeço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Tem que ser na área de sua atuação como professor.

      Excluir
  3. PARADOXO

    NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, NÃO HAVERÁ ABONO, ABONO NÃO HAVERÁ, HAVERÁ NÃO ABONO.....
    BASEADO EM QUE DADOS ESTAS AFIRMAÇÕES DE UM “SINDICALISTA” E FISCAL DO FUNDEB, AFIRMA SEM TER ACESSO A FOLHA DE PAGAMENTO DOS 4 ULTIMOS MESES DO ANO DE 2012.
    POIS SE TIVESSE ESSES DADOS, A PRESIDENTE DO CONSELHO NA ULTIMA REUNIÃO COM O NOVO SEC BRESSAN, NÃO ESTARIA SOLICITANDO TAIS FOLHAS.( O Conselho do Fundeb, na pessoa de sua presidente, professora Cristina Arcanjo, cobrou do secretário os seguintes documentos: extratos bancários das contas do FUNDEB; folhas de pagamentos dos meses de setembro, outubro e novembro; folha de pagamento do mês de dezembro:fonte: blog do aurismar) OU ISTO É UM PARADOXO, OU ENTÃO O COLEGA AURISMAR JÁ ESTAVA DE “SACO” CHEIO DOS DEMAIS COLEGAS DA EDUCAÇÃO AO PERGUTAREM SE HAVERÁ ABONO. ACREDITO QUE OS PROFESSORES SEMPRE LHES FAZIAM ESTA PERGUNTA, PELO FATO DE SUA DISPONIBILIDADE VIA BLOG. É UM PREÇO QUE SE PAGA. E TAMBÉM, ISTO ACONTECE PELO FATO DOS COLEGAS DAREM ALGUM CRÉDITO AS SUAS PALAVRAS NO SEU BLOG.
    SE FOR UMA COISA OU OUTRA, MEU CARO AURISMAR, VC ESTÁ NO MATO SEM CACHORRO EM RELAÇÃO A CREDIBILIDADE COM A CATEGORIA. NÃO SEI O QUE VC IRÁ DIZER PARA SE JUSTIFICAR, SE É QUE EXISTE JUSTIFICATIVA . CARO COLEGA ENTENDO QUE DEVARIA SER UMA PRERROGATIVA DO SECRETARIO E OU PREFEITO, SER TÃO ENFÁTICO AO AFIRMAR NÃO HAVER ABONO.

    AGUARDO RESPOSTA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro JM você sabe o que é projeção de folha? Não. Acho que não. Se você recordar das postagens sobre esse tema, verá que os dois quadrimestres já foram fechados. Ou seja, tivemos acesso a 8 folhas de pagamentos. É só projetar quanto dará 13 folhas e meia (os 12 pagamentos anuais, mais o 13º mais o 1/3 de férias)Sabendo disso e sabendo qual a previsão de entrada para o ano nas contas do FUNDEB, sabe-se se vai ou não ser atingido a obrigatoriedade dos 60%. Se isso acontecer, pode até sobrar 40% guardado, mas não há obrigatoriedade de se pagar abono.Fazendo essa projeção, vimos que se o pagamento de dezembro tivesse sido feito, a folha teria passado dos 61%, portanto goste você, JM, ou não, não tiro uma vírgula do que escrevi. É uma questão de matemática.

      Excluir
  4. Certamente nosso Conselheiro Aurismar terá a resposta certa, com base na própria Legislação Federal. Não esperamos que seja dada uma boa resposta para agradar anônimos. O SINTEPP compreende que a resposta deverá ser com base nos dados que são disponibilizados para qualquer um no site do Tesouro Nacional e do Banco do Brasil sobre os repasses mensais ao FUNDEB de Marabá e de todo o Brasil.

    ResponderExcluir
  5. prof Aurismar, gostaria de saber de caso as aulas comecem em fevereiro qdo deveremos voltar pra escola? E outra coisa, o prefeito já falou alguma vez sobre o convênio c a Unimed? se permanecerá?

    ResponderExcluir
  6. BOA NOITE AURISMAR GOSTARIA DE TIRAAR UMA DÚVIDA OU TALVEZ VC POSSA ME ESCLARECER SOBRE UM ZUMZUM QUE ESTÃO FALANDO. HOUVE UMA REUNIÃO SOBRE A REDUÇÃO DE CONTRATOS NA PREFEITURA, E QUE OS 154 PROFESSORES QUE FORAM CHAMADOS DO ULTIMO CONCURSO NÃO COMPARECERAM TODOS E QUE ELES CHAMARIA MAIS AGUNS PROFESSORES É VERDADE ESSE ZUMZUM.UM GRANDE ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  7. Não houve essa reunião, nem ouvi falar desse assunto.

    ResponderExcluir

O blogger não publicará postagens anônimas de cunho ofensivo a pessoas físicas. E também não adianta querer detonar o SINTEPP.